loader

Análise Diária: FMI prevê crescimento económico de 2,2% em 2018

O Fundo Monetário Internacional prevê que o crescimento da economia será menos de metade daquele que é projectado pelo Governo. A taxa de inflação poderá fixar-se em 24%

POR: Atlantico

Espaço Angola

O Fundo Monetário Internacional prevê, para 2018, crescimento económico de 2,2% e 24% de inflação, um incremento de 0,6 p.p. e de 6,4 p.p., em relação ao World Economic Outlook de Outubro de 2017. O crédito ao sector privado aumentou 4,34% em Janeiro de 2018 face ao mês anterior, situando-se em 3.338,3 mil milhões AOA, que representa uma variação homóloga de 3,9%.

Espaço Internacional

Zona Euro: O número de pessoas empregadas cresceu 0,3% no quarto trimestre de 2017, uma variação positiva em termos homólogos de 1,6%. Japã: A produção industrial no mês de Janeiro reduziu 6,8%, a maior queda registada desde Março de 2011, em que recuou 16,5%.

Visão Atlantico

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê, para 2018, crescimento económico de 2,2% e 24% de inflação, um incremento de 0,6 p.p. e de 6,4 p.p., em relação ao World Economic Outlook de Outubro de 2017. As previsões foram revistas em alta após consultas que a delegação do FMI efectuou ao abrigo do artigo IV. A melhoria do ambiente de negócios com a possível aprovação da Lei da concorrência e a alteração da Lei do Investimento Privado em Angola, poderão contribuir para a captação de mais investimentos privados, internos e externos, o que poderá influenciar as taxas de crescimento para o corrente ano.  A produção industrial do Japão, no mês de Janeiro reduziu 6,8%, a maior queda registada desde Março de 2011, em que recuou 16,5%. As categorias que contribuíram principalmente para a redução mensal foram os equipamentos de transporte; produção geral e máquinas de negócios; máquinas de uso geral e manufactura em 14,3%, 7,4% 6,8% e 6,8%, respectivamente

Últimas Notícias