loader

XIV cimeira africana sobre género tem inicío no Rwanda

A XIV cimeira africana sobre o género teve início ontem, Segunda-feira em Kigali, no Rwanda, sob o lema “A Mudança Climática através da Igualdade dos Sexos: o Ponto da situação em África”, constatou a PANA no local.

O fórum foi organizado pelo Instituto Africano das Ciências Matemáticas (AIMS, sigla em inglês), em parceria com instituições científicas africanas de primeiro plano. A missão fundamental desta cimeira assenta numa pesquisa de qualidade, graças à igualdade com o objectivo de produzir um consenso sobre a base da experiência científica, lá onde são necessários melhoramentos nos conhecimentos e na prática científica, indica uma nota de informação. Rússia, Vladimir Putin, disse que as acusações são “sem sentido e absurdas”. O líder reeleito falou pela primeira vez sobre o assunto.

Disse ainda que se o envenenamento tivesse sido realizado com um agente nervoso de uso militar teriam morrido pessoas no local. “É um facto óbvio”. Vladimir Putin voltou a transmitir que as autoridades russas estão disponíveis para colaborar na investigação. E lembrou que o país destruiu os stocks de armas químicas. “A Rússia não dispõe desses meios, destruiu as armas químicas sob supervisão de observadores internacionais.” O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson, voltou a criticar Moscovo, Afirmou ontem que as negativas da Rússia são “cada vez mais absurdas”. O seu formato organizacional compreende seis sessões plenárias e quatro sessões paralelas moduladas para alavancar a pesquisa sobre a mudança climática, sensível à igualdade dos sexos e a educação relativamente à mudança climática, sensível à igualdade dos sexos. Haverá igualmente uma exposição de cartazes, actividades profissionais e eventos paralelos conexos públicos.

Os temas em agenda incluem o reforço da cooperação entre os principais actores no exterior e no interior da paisagem científica em África, a conexão entre a realidade dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e os progressos tecnológicos, a visão da quarta revolução industrial, uma base de conhecimentos científicos e a sua aplicação no contexto de factores políticos e estratégicos prioritários. Esta cimeira reúne pesquisadores de ponta dos países africanos, peritos mundiais, líderes no domínio da inovação, decisores políticos influentes e defensores do desenvolvimento sócio-económico sustentável baseado na experiência.

Últimas Notícias