loader

Sector dos transportes discute estratégia em Benguela

O encontro visa analisar as Estratégias, Planos, Programas e Projectos das Empresas do Sector dos Transportes entre 2018-2022, a Avaliação Preliminar do Desempenho Económico e Financeiro das Empresas Públicas dos Transportes, bem como a Ética e a Sustentabilidade nas Empresas Públicas Tuteladas

POR: Patrícia de Oliveira

Sector fulcral para o desenvolvimento económico do país, os transportes, vai a debate com a participação de empresas públicas e operadores. Por outro lado, nos dias 22 e 23 do mês em curso, na cidade do Lobito, província de Benguela, terá lugar o nono Conselho Consultivo Alargado (CCA) do Ministério dos Transportes subordinado ao lema “Mobilidade, Desenvolvimento e Bem – Estar”. De acordo com o Director do Gabinete de Comunicação Institucional do Ministério dos Transportes, Luís Paulo, “o encontro visa analisar as Estratégias, Planos, Programas e Projectos das Empresas do Sector dos Transportes entre 2018-2022, a Avaliação Preliminar do Desempenho Económico e Financeiro das Empresas Públicas dos Transportes, bem como a Ética e a Sustentabilidade nas Empresas Públicas Tuteladas”.

Acrescenta que o certame será aberto e presidido pelo ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, e espera-se pela presença do governador da Província de Benguela, Rui Luís Falcão Pinto de Andrade. Avançou ainda que a reunião vai contar com a participação dos directores nacionais, directores gerais dos institutos públicos, directores provinciais, presidentes dos conselhos de administração, administradores, directores das empresas públicas do sector, chefes de departamento, técnicos do Ministério dos Transportes, responsáveis do Governo da Província de Benguela e convidados.

No ano passado (2017) o Ministério dos Transportes realizou, nas cidades do Huambo e de Luanda, duas reuniões de conselhos consultivos alargados, elegendo como lema, no primeiro, “a Manutenção, Mobilidade e Progresso”, e, no segundo, “Transportes em Números (Balanço da Década)”, concentrando-se no Balanço, na Comunicação e no Diálogo. O Ministério dos Transportes tutela as empresas Abamat, TCUL, Unicargas, Secil Marítima, Portos de Luanda, Cabinda, Lobito, Soyo e Moçâmedes, Caminhos-de-ferros de Moçâmedes, Luanda e Benguela, ENANA, TAAG e os institutos Marítimo e Portuário, de Caminhos- de-ferro e de Aviação Civil.

Internacionalização da Catumbela, pois claro

O Jornal OPAÍS apurou, de fonte segura do Ministério dos Transportes, que a “Internacionalização do Aeroporto da Catumbela, província de Benguela”, é um dos temas a ser aflorado por especialistas do subsector aeronáutico. A fonte avançou igualmente que o referido aeroporto já foi equipado para acolher aeronaves de grande porte, assim como já conta com um terminal de carga e uma câmara de frio capaz de conservar vários produtos. Recorde-se que o Aeroporto da Catumbela faz parte do Corredor de Desenvolvimento Económico do Lobito.

Últimas Notícias