loader

Palancas Negras lutam pelo terceiro lutar na Zâmbia

O combinado angolano tenta hoje vencer o Zimbabwe para assegurar o terceiro lugar no torneio das Quatro Nações, enquadrado na data FIFA. Amanhã, Zâmbia e África do Sul disputam o título

POR: Mário Silva

Na cidade de Ndola, Zâmbia, a Selecção Nacional de futebol em honras e a sua similar do Zimbabwe discutem hoje, no Estádio Levy Mwanawasa, o terceiro lugar no torneio das Quatro Nações, enquadrado na data FIFA, às 14 horas de Angola. Olhando o histórico dos dezoito jogos realizados entre as duas selecções, os Palancas Negras somam sete vitórias e três empates, tendo marcado 18 golos. Por sua vez, os “Guerreiros” venceram oito partidas e, obviamente, empataram três, tendo apontado 21 tentos. Com os números avançados, os pupilos de Srdjan Vasiljevic partem em desvantagem para o desafio desta tarde.

Ainda assim, Bastos Quissanga da Lazio de Itália, Vá do Leixões de Portugal e companheiros vão procurar vencer, de modo a terminarem a prova no terceiro lugar. O técnico sérvio ao serviço do combinado angolano sabe que a equipa terá que esquecer a derrota, daniel miguel 7-6 nos penáltis, diante da a África do Sul. Assim, a Selecção Nacional poderá ter alguma possibilidade de vencer a equipa contrária, mas é obrigada a ter os pés bem assentes no chão. Aliás, O Zimbabwe tem executantes tacticamente acima da média. Mesmo após derrota no jogo inaugural diante da Zâmbia, por 5-4 na marcação das grandes penalidades, após empate a duas bolas, o avançado Talent vai tentar marcar para não deixar os seus créditos em mãos alheias.

Voz do seleccionador nacional

Na antevisão do jogo, Srdjan Vasiljevic, reconheceu que o Zimbabwe é um adversário difícil de ultrapassar.“Sabemos como o adversário joga, por isso vamos procurar anular os seus pontos fortes”, garantiu o sérvio Srdjan Vasiljevic.

Últimas Notícias