loader

Embaixador Marcos Barrica homenageado em Portugal

O embaixador de Angola em Portugal, José Marcos Barrica, foi homenageado, Sábado, em Lisboa, pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, em reconhecimento do seu trabalho em prol do desenvolvimento e aproximação dos povos e países de língua portuguesa

Durante a homenagem, enquadrada nas comemorações do 20º aniversário da Universidade, o diplomata recebeu a medalha de ouro de reconhecimento e mérito, maior galardão atribuído pela instituição.

A valorização ao diplomata assenta no excelente trabalho realizado, enquanto embaixador de Angola em Portugal e da CPLP, em especial no âmbito do Grupo de Cooperação com o Secretariado Executivo da organização de que é membro co-fundador, tornando-se assim, um merecedor da distinção.

Na ocasião, o embaixador de Angola referiu que a Universidade Lusófona tem no seu seio, um conjunto diversificado de estudantes africanos e em particular de angolanos, por isso, no âmbito da cooperação existente no domínio do ensino superior, a embaixada tem feito várias visitas aquela instituição. Segundo o diplomata angolano, o momento é de enorme satisfação.

“Orgulho e honra para mim, para a embaixada e o país receber este galardão”, referiu. José Marcos Barrica, é professor universitário, doutorado em Psicologia Evolutiva e da Educação pela Universidade de Valência, (Espanha), é detentor de um mestrado em Desenvolvimento Pessoal e Intervenção Social (Universidade de Valência, Espanha), e licenciado em Ciências da Educação, especialidade de Psicologia, pela Universidade Agostinho Neto.

De acordo com alguns escritos, a Universidade Lusófona de Lisboa é um espaço único de ensino superior, uma instituição que articula ensino e investigação num campus de excelência, reconhecida em 1998. Estiveram presentes na cerimónia políticos, diplomatas, membros da comunidade daquela instituição académica, angolanos residentes em Portugal, entre outros convidados.

Últimas Notícias