loader

Polícia do Zaire apreende medicamentos provenientes do Congo

Dez toneladas de medicamentos humanos foram apreendidas, nas últimas 24 horas, pela Polícia do Zaire, no posto fiscal do município do Nóqui. Segundo o inspector-chefe Luís Bernardo, do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia no Zaire, que falou ao Jornal OPAÍS, os efectivos destacados no posto fiscal daquele município apreenderam ainda, para além das dez tonela-das de medicamentos, 832 telemóveis de diversas marcas, com os seus respectivos assessórios.

Os medicamentos provenientes da República Democrática do Congo (RDC), de acordo com a Polícia, depois de interrogado o condutor da viatura, João Vonzaya Diabateza, seriam introduzidos no mercado nacional, de forma fraudulenta, e comercializados.

Os presumíveis autores incorrem assim no crime de contrabando de mercadorias não declaradas e não manifestadas, previsto e punível nos termos do artigo 188º da Lei de Contrabando Qualificado.

Na viatura de marca Shacman, de cor vermelha, na qual vinham os medicamentos, foram ainda encontradas 800 vassouras e 120 volumes de barro cozido (também conhecido por mabelé). Todos estes bens não declarados estavam a ser transportados naquela viatura, dentro de um contentor de 40 pés.

Últimas Notícias