loader

Petróleo consegue melhor preço de exportação desde 2014, mas volume expedido tomba para mínimo histórico

Em Fevereiro, o preço do barril de petróleo atingiu o seu valor mais elevado desde Dezembro de 2014, só que o volume exportado caiu para cerca de 44,6 milhões de barris, um mínimo histórico

Texto de: Luís Faria

Desde Dezembro de 2014 que o petróleo bruto angolano não era exportado a um preço tão elevado. Em Fevereiro, de acordo com os últimos dados do Ministério das Finanças, foram exportados quase 44,7 milhões de barris de petróleo ao preço médio de USD 67,96 por barril. Embora o preço do barril exportado tenha subido USD 4,6 em relação a Janeiro, o volume de exportação caiu mais de 3,7 milhões de barris, o menor registado pelo menos desde 2013.

O que não impediu que a receita total subisse para Kz 224,42 mil milhões. Já a receita da concessionária, captada em nove dos 13 campos em actividade, decaiu de Kz 167,89 mil milhões para Kz 149,2 mil milhões.

O mesmo não aconteceu com a receita da tributação sobre actividade, nomeadamente o imposto que recai sobre o rendimento do petróleo e o que incide sobre a produção petrolífera, que subiu de Kz 55,64 mil milhões oara Kz 75,21 mil milhões. Nos dois primeiros meses do ano Angola exportou mais de 93 milhões de barris de petróleo bruto a um preço médio acima de USD 65,6 por barril.

O Bloco 17 continua a liderar a produção nacional de crude, assegurando 37% da produção total, o correspondente a 35,4 milhões de barris nos primeiros dois meses deste ano, os quais foram vendidos ao preço médio de USD 66,67 por unidade. Segue-se o Bloco 15, com 15,13 milhões de barris, o Bloco 0 A com mais de 10,4 milhões e o Bloco 31 com 7,27 milhões.

Últimas Notícias