loader

UNITA quer governar Benguela e Lobito

O secretário provincial da UNITA em Benguela, Alberto Ngãlanela, disse que o partido que dirige nesta província, está a trabalhar para ganhar as eleições autárquicas nos municípios de Benguela e Lobito

Texto de: Constantino Eduardo Em Benguela

Alberto Ngãlanela fez esta afirmação durante um acto político de massas realizado no município do Caimbambo, no Sul da província de Benguela. Apesar de reconhecer não se afigurar uma tarefa fácil, atendendo a complexidade deste processo, o político disse que o seu partido pretende dirigir os municípios de Benguela e do Lobito, dentre os vários que pretende governar nesta província.

Disse que a UNITA, em Benguela, aponta os dois municípios como bastiões, além de reconhecer, ainda, de serem também as principais praças eleitorais desta região. Projecto do Muangai Com a realização das autarquias, de acordo com a fonte, a UNITA poderá efectivar o Projecto de Muangai (lançado nesta localidade da província do Moxico), que visa a implementação de eleições autárquicas, baseadas no seu programa de governação.

Explicou aos seus militantes que as autarquias poderão resolver os inúmeros problemas que as comunidades enfrentam, ao contrário do actual sistema de governação que condiciona esta aproximação devido à burocracia.

“Agora será melhor, cada partido vai governar onde ganhou, assim está bom”, disse, realçando que a UNITA não terá dificuldade em governar, alegando que dispõe de técnicos competentes para a gestão administrativa.

Segundo Alberto Ngãlanela, essa competência foi demonstrada durante o tempo em que o seu partido integrou o Governo de Unidade e Reconciliação Nacional(GURN), no quadro dos Acordos de Paz.

Últimas Notícias