loader

Ministra da Cultura reconhece défice de infra-estruturas teatrais no país

Numa mensagem endereçada por ocasião do Dia Internacional do Teatro, que ontem se assinalou, a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, reconheceu a falta de infra-estruturas para a prática teatral, apesar dos avanços que a actividade têm vindo a alcançar em todo o país

Texto de: Valquíria Martins

No documento datado de 20 de Março, a que OPAÍS teve acesso, a titular da pasta da Cultura aproveitou a ocasião para saudar os criadores, encenadores, actores, críticos, responsáveis e gestores de grupos teatrais, assim como aqueles que ao serviço de organismos públicos e privados, associados ou individualmente, têm participado no desenvolvimento do teatro angolano.

Salientou ainda que se trata de uma efeméride que anualmente tem sido celebrada e que vem suscitando o entusiasmo e a colaboração de todos quantos se identificam e se associam, pelo que exorta a prosseguirem com o seu profícuo trabalho.

E nt r e t a nt o , apesar dos resultados positivos que o teatro angolano tem vindo a alcançar, “existem ainda carências e m i n – fra-estruturas teatrais nas comunidades que permitam aos grupos apresentarem, sem grandes dificuldades, as suas peças e com a regularidade desejada, pelo que apelo à colaboração mais estreita dos Governos Provinciais e do empresariado nacional para um apoio na edificação de salas apropriadas para a prática do teatro em todos os municípios”.

Por outro lado, Carolina Cerqueira encoraja as associações de teatro existentes a prosseguirem com os trabalhos de divulgação dos seus objectivos e tarefas, e , com base na lei, criarem representações nas províncias para o reforço do funcionamento dos grupos de teatro, incluindo a realização de oficinas e seminários, bem como sugerir acções que contribuam para o desenvolvimento do teatro nas comunidades.

Espaços de cultura

A governante saudou ainda a iniciativa do titular do Poder Executivo (João Lourenço) para a Implementação do Projecto de Transformação do antigo edifício da Assembleia N a c i o n a l em Palácio da Música e do Teatro, da requalificação da Tourada e do Teatro Avenida, os quais vão agregar valor à Cultura Nacional, assim como a possibilidade dos grupos de teatro desenvolverem a sua actividade em espaços com maior dignidade.

Carolina Cerqueira reiterou o seu desejo de que o Dia Mundial do Teatro sirva para uma reflexão em torno dos desafios que o teatro impõe, apelando à sensibilidade da opinião pública para a sua importância na sociedade angolana. Saliente-se que a 27 de Março celebra-se o Dia Mundial do Teatro, instituído pela UNESCOOrganização das Nações Unidas para a Educação, Cultura e Ciência.

A primeira mensagem internacional do Dia Mundial do Teatro foi escrita por Jean Cocteau, em França, em 1962.

Últimas Notícias