loader

NOSSA Seguros fecha ano 2017 com volume de negócios de Kz 10 mil milhões

Com 26 agências em funcionamento no país, a NOSSA Seguros encerrou o ano de 2017 com um volume de negócios de cerca de 10 mil milhões de Kwanzas, tendo no mesmo ano o resultado liquido crescido para 963 milhões de kwanzas

Texto de: Jorge Salvador

A seguradora angolana NOSSA Seguros transita para 2018 com significativos registos de crescimento, tendo encerrado o ano de 2017 com um crescimento de 63% em relação a 2016. No mesmo ano, a seguradora registou também um crescimento na maioria das suas áreas de negócio, com destaque para o da saúde, que teve uma variação de 155% em relação a 2016, contribuindo com 41% para o crescimento das receitas.

O relatório de balanço 2017 apresentado ontem, em Luanda, destaca também que a rentabilidade da empresa manteve-se em linha com o ano anterior, com um ROE de 29%, e um crescimento dos resultados líquidos na ordem de 17%, para 963 milhões de Kwanzas, cuja margem de solvência é de 184%, considerada acima da média do sector em Angola, fruto dos níveis de rentabilidade da empresa.

Na apresentação, destacou– se que, até ao dia 31 de Dezembro do ano passado, o total de activos cifrava-se em 17 mil milhões de Kwanzas, sendo que os investimentos financeiros registaram um crescimento de 15%, para 8 766 milhões de Kwanzas, e a carteira da Companhia constituída em 59% por títulos de dívida pública.

Segundo o presidente da Comissão Executiva da NOSSA Seguros, Carlos Duarte, “não obstante aos desafios que o sector apresenta, a empresa encontra-se em posição confortável e encara o futuro com optimismo”, tendo acrescentado que, para manter o crescimento e a presença no top das melhores do mercado, a NOSSA Seguros vai pautar-se sempre por uma gestão de referência e na oferta de produtos adequados às necessidades dos clientes.

Em relação às receitas, “o crescimento foi muito condicionado pela inflação, tendo tido como resultado a diminuição acentuada do rácio da despesa, que se cifrou em 32%”, realçou.

A NOSSA Seguros encerrou o ano de 2017 com um reforço da sua posição de mercado segurador em termos de receita, atingindo uma quota de mercado de 9%, mantendo- se entre as quatro maiores seguradoras do mercado Angolano.

Em 2017 a NOSSA Seguros registou ainda um crescimento de 63% no volume de prémios brutos emitidos, com especial destaque para a Saúde, Acidentes de Trabalho e outros danos em materiais, sendo que o ramo Vida apresenta um valor negativo devido à uma forte anulação decorrente da revisão da carteira efectuada pela Companhia.

No mesmo ano, os custos com sinistros registaram um aumento de cerca de 72%. O crescimento das despesas foi de 18%, significativamente inferior à taxa de inflação registada em 2017, de 26,3%; um aumento significativo dos custos de fornecimentos e serviços externos, devido ao facto de uma parte relevante destes custos estarem correlacionados com o negócio, que registou uma variação de 63%.

Investimentos e rendimentos

A NOSSA Seguros registou, em 2017, um crescimento de 15% na carteira de investimentos, um reforço da exposição em títulos do estado indexados em USD em detrimento de bilhetes do tesouro, crescimento de 49% nos rendimentos financeiros e a redução da margem de cobertura, devido ao reforço da PRC, fruto da entrada de um grande negócio no final do ano.

Carlos Duarte refere que para 2018 as perspectivas são as melhores, pelo que se prevê um sector segurador que assistirá novamente um ano de grandes desafios,por sinal, acompanhado por um ambiente de elevada competitividade.

O presidente da Comissão Executiva da NOSSA Seguros garante que este ano a empresa pretende manter a aposta numa cultura em que o cliente é o centro das suas atenções, concretamente continuar à revisão da sua oferta de produtos, a expansão da cobertura geográfica e dos canais de distribuição, a aposta nas competências técnicas e comerciais dos quadros e em melhorias nos processos de suporte ao negócio.

Com 127 colaboradores, a NOSSA Seguros exerce as suas actividades em 15 províncias do país, e mantém a sua estratégia que visa a oferta de produtos e serviços de valor acrescentado para as empresas e particulares, posicionando-se como um parceiro de referência em Angola

Últimas Notícias