Banco Postal entra no negócio de microcrédito

Há um ano no mercado e com 170 mil clientes, a instituição bancária vai lançar o seu primeiro serviço de microcrédito este ano. Entre Janeiro e Fevereiro, o banco captou Kz 700 milhões em depósitos através do Xikila Money

POR: Hélder Caculo

O Banco Postal vai lançar, dentro de dois meses, o seu primeiro produto de microcrédito, através da sua unidade de negócio denominada “Xikila Money”. O produto será direccionado a um público diversificado, sobretudo aos pequenos empreendedores. A informação foi avançada por Dalmo Silva, director de Marketing do Xikila Money, em entrevista a OPAÍS. “ O banco tem uma unidade voltada para o crédito à economia que denominamos Comércio e Empresários, contudo, podemos avançar que teremos dentro de seis meses o nosso primeiro serviço de microcrédito. Será um produto transversal à nossa base de clientes”, disse.

O responsável esclareceu que os microcréditos serão direccionados para aquisição de determinados produtos e não serão propriamente em dinheiro. “Vamos nos focar mais nos produtos e não dar dinheiro aos clientes como acontece com o crédito pessoal. No Xikila Money os produtos de microcrédito estarão voltados para aquisição de determinados produtos”, frisou. Por outro lado, Dalmo Silva re-velou que, nos primeiros dois meses do presente ano económico, o Xikila Money recebeu depósitos de clientes avaliados em Kz 700 milhões. “O Xikila Money é uma nova forma de fazer banca em Angola. Pretendemos levar um número considerável de cidadãos ao sistema bancário. A outra vantagem é que para abertura de conta no Xikila Money basta ter um telemóvel e, no mínimo, Kz 100 ”, disse.

Kz 700 milhões em depósitos

Entre Janeiro e Fevereiro, o Xikila Money obteve Kz 700 milhões em depósitos e, no último mês de Fevereiro, realizou um total de 150 mil transacções, desde depósitos, levantamentos e outros serviços. As operações bancárias no Xikila Money, como transferências, pagamentos e consultas são feitas através de um canal de sms via telemóvel. “Acreditamos que o facto de termos uma abordagem muito simples e próxima das pessoas tem contribuído para o sucesso da operação Xikila Money”, disse. O banco já definiu os principais desafios para o presente ano: lançar o produto de microcrédito, consolidar a carteira de clientes e expandir os seus serviços em Luanda e algumas províncias do país. Actualmente, o Xikila Money conta com quatro agências, três em Luanda e uma no Huambo, e 156 quiosques, prevendo chegar aos 200 até ao final de Junho. O Banco Postal conta já com mais de 560 colaboradores, dos quais cerca de 270 estão afectos à Unidade de Negócio “Xikila Money”.