loader

Carta do leitor: A Imparável Igreja Universal

Caro director e toda a equipa deste diário queiram, por favor, aceitar as minhas cordiais saudações. Estou a escrever para o vosso/ nosso jornal para falar de um assunto ligado à Igreja Universal e que muito me inquieta. Vivo próximo a uma igreja, no Luanda Sul, e é espantosa a forma como a Universal se desdobra para conseguir crentes.

POR: Adão Guilherme

Depois de terem divulgado amplamente a campanha de cura com a agua, essa igreja está agora a divulgar uma campanha da cura com as vestes do pastor. Ou seja, segundo os panfletos e spot´s de tv, se a pessoa tem algum problema de saúde, não precisa mais gastar dinheiro com tratamentos, basta deslocar-se à igreja e tocar na camisa do pastor que logo verá o seu problema de saúde resolvido. Caro director, desde quando é que tocar na roupa de um ser mortal, tão humano e imperfeito como os pastores traz cura? Eu sou crente e sei que o tempo do milagre já passou. Depois de Jesus, nenhum homem deste tempo tem poder de fazer andar o aleijado ou curar doenças incuráveis. Deus é o único ser espiritual que nos pode garantir a vida e a salvação desde que nos entreguemos à ele em espírito e em verdade. Já humanamente falando, somente os médicos, por via de análises e medicamentos, é que estão capacitados para curar doenças e não a camisa ou a calça de pastores ou dos bispos. Alguém precisa pôr algum limite à Universal e outras igrejas que abusam da fragilidade e da falta de esperança de algumas pessoas para angariar dinheiro e encherem os santuários. A mim já irritou bastante aquela campanha da cura com água, agora não tenho garganta para aturar esta nova cura com as vestes dos pastores. Até quando essa igreja vai continuar a gozar da bondade do povo angolano? É importante frisar que conheço gente que, emocionados com a tal cura com a agua, abandonaram os tratamentos para se entregarem à igreja. E, no final das contas, viram o seu quadro de saúde a piorar, correndo mesmo sérios risco de perder a vida. É grave e é importante que o Estado intervenha. A bíblia aconselha-nos sim a orarmos pelos nossos irmãos enfermos, mas não nos orienta a fazer a palhaçada que a Universal faz. Os pastores e os bispos não são Jesus Cristo. Por isso, por mais que queiram, as suas vestes não podem curar pessoas em estado enfermo. O que nos cura é a nossa fé quando é ligada a Deus em verdade e em espírito.

Últimas Notícias