loader

Mulher agride marido com caco de prato

Uma cidadã nacional, de 31 anos de idade, encontra- se detida no Comando Provincial da Huíla da Polícia Nacional, acusada de ter ferido o seu marido, de 41 anos de idade, com o caco de um prato, arremessado durante um desentendimento entre ambos. O episódio aconteceu no bairro Comandante Valódia, município do Lubango, no interior da residência do casal. A vítima foi transportada para o Hospital Central Dr. António Agostinho Neto, onde recebe tratamentos médicos, ao passo que a acusada foi encaminhada pelas força policiais ao Ministério Público, junto do Comando Municipal para os devidos procedimentos criminais. Durante o fim-de-semana, nos dias 31 de Março e 1 do mês em curso a Polícia Nacional na província da Huíla registou sete crimes, menos nove em relação ao período anterior, dos quais quatro foram esclarecidos, com cinco detidos como presumíveis autores. Sendo que os crimes contra as pessoas foram registados dois, um esclarecido e igual número de detidos. Constam ainda três infracções ligadas a cedência de propriedade, que resultaram na detenção de um cidadão. Os delitos contra a ordem e tranquilidade pública foram dois. Como sempre, o município do Lubango registou mais ocorrências, com seis casos e a localidade do Chipindo um. Na fiscalização rodoviária, 48 multas foram aplicadas por diversas infracções ao Código de Estrada e legislação complementar, pelo que foram retidas 48 cartas de condução, seis viaturas e cinco motociclos. A cifra dos acidentes de viação foi de 10, mais dois do que no período anterior, tendo como consequência uma morte e 17 feridos (+ 12). Os cidentes foram de colisão entre viatura e motociclo, capotamento, atropelamentos e despistes. Excesso de velocidade e ultrapassagem irregular estiveram na base dos acontecimentos. O município do Lubango registou sete acidentes, enquanto o da Chibia, Gambos e Caconda um cada.

Últimas Notícias