Quatro mortes nas estradas de Benguela assinalam fim-de-semana de Páscoa

Relatório da Polícia Nacional em Benguela revela que acidentes rodoviários tiraram a vida a 4 cidadãos ao longo do último fim-de-semana prolongado, em que se celebrou a Páscoa

Texto de: Zuleide de Carvalho, em Benguela

Embora tratando-se de um final de semana de pendor religioso em que foi comemorada a ressurreição de Cristo, registou-se um défice de cautela nas estradas de Benguela, traduzida em 16 acidentes que causaram 4 mortos e 17 feridos. Pela Polícia Nacional em Benguela, o superintendente Pinto Caimbambo informou, no balanço das 72 horas de Páscoa, que foram registados 68 crimes em toda a extensão da provincia e 41 indivíduos foram preventivamente detidos.

Na manhã de Sexta-feira, três delinquentes assaltaram a habitação de um cidadão angolano, residente em Benguela, tendo-lhe furtando USD 2 mil, um milhão e oitocentos e cinquenta mil Kwanzas e um carro.

Perseguidos pela Polícia, dirigindo- se para Sul de Benguela, na tentativa de abandonar a província, em pânico, os criminosos causaram um acidente que resultou na morte de um deles, tendo os outros dois sido capturados. No município do Lobito, quatro marginais foram detidos após terem roubado um automóvel. Dos crimes perpetrados no último fim de semana, 43 foram clarificados, faltando desvendar o móbil de 25 das ocorrências criminais.

No capítulo da saúde, os arquivos da maior unidade sanitária provincial, o Hospital Geral de Benguela, apontam para acima de 30 pacientes atendidos, em consequência de agressões físicas, além de um elevado número de feridos vítimas de acidentes de moto-táxi.