loader

Kussumua e Samakuva analisam implementação das autarquias

O governador do Huambo, João Baptista Kussumua, e o presidente da UNITA, Isaías Samakuva, conversaram ontem, Sexta-feira, no planalto central, sobre a implementação das autarquias no país, marcadas para 2020.

No final do encontro à porta fechada, João Baptista Kussumua mostrou-se à favor da realização das eleições autárquicas dentro do que está consagrado na Constituição, afirmando ser necessário criar-se os mecanismos regulamentares, no sentido de que as mesmas venham a ser realizadas num sistema de gradualismo que deverá ser estudado pelas entidades afins. Isto, segundo ele, quer dizer que o processo não poderá ser feito de uma só vez, apesar de haver experiências que mostram que este é um mecanismo valioso, mas que tem de ser preparado.

Afirmou que o conjunto de normas e regulamento para a implementação das autarquias vão auxiliar os dirigentes e a população a estar melhor preparados para esse acto que vai acontecer pela primeira vez no país. Por seu turno, o presidente da UNITA reafirmou a intenção de ver as autarquias implementadas em simultâneo em todos os municípios, contrariando, mais uma vez, o gradualismo territorial proposto pelo Governo.

Segundo ele, há que se criar as condições mínimas para que em 2020 a eleição dos autarcas decorra em todos os municípios, respeitando o princípio da igualdade constitucional e universalidade do sufrágio, dando a possibilidade aos munícipes de elegerem os seus representantes. Isaías Samakuva iniciou ontem uma visita à província do Huambo para constatar a funcionalidade das estruturas do seu partido na região. No cumprimento do seu programa, desloca-se hoje (Sábado) às comunas da Catata, Cuima, no município da Caála, enquanto na Segunda-feira vai visitar as vilas municipais do Chinjenje, Ucuma e Longonjo, regressando à capital do país na Terça-feira.

Últimas Notícias