loader

Petro de Luanda perde pontos no Estádio 11 de Novembro

Depois do nulo ontem frente ao Libolo, os tricolores começam hoje a preparar o clássico diante do seu arqui-rival, 1º de Agosto

POR: Mário Silva

No encerramento da nona jornada do Girabola Zap, Campeonato Nacional, o Petro de Luanda e o Recreativo do Libolo do Cuanza- Sul empataram nulo no Estádio 11 de Novembro. Com este segundo empate consecutivo, os tricolores mantêmse na sexta posição agora com 12 pontos. Por sua vez, os libolenses também somam o segundo empate consecutivo sem golos e ocupa a oitava posição com um menos um ponto que a turma do Catetão. A equipa de Beto Bianchi com uma exibição não muito convincente entrou em campo com o pensamento na vitória. Mas os avançados não conseguiram violar a baliza do guarda-redes da formação da Vila de Calulo, Wilson, que esteve bem durante o tempo regulamentar.

Voz dos técnicos

O treinador-adjunto do Petro de Luanda, Marques Maurício, disse que a sua equipa procurou o golo, mas não conseguiu. “Vamos continuar a trabalhar para voltarmos às vitórias”, garantiu o ‘mister’. Já o ‘timoneiro’ do Libolo, Kito Ribeiro, mostrou-se radiante com o resultado. “Sabíamos das dificuldades a encontrar na partida, por isso anulamos os pontos do adversário”, explicou o técnico do Progresso do Sambizanga.

Outros resultados

No Cuando Cubango, o Futebol Clube local e o Bravos do Maquis do Moxico empataram a zero no Estádio Municipal de Menongue. Na antiga baixa de Luanda, ou seja, no Estádio dos Coqueiros, o Progresso do Sambinzanga venceu, por 2-1, o 1º de Maio de Benguela. Mais a norte da ‘Metrópole’, o Domant FC do Bengo recebeu e venceu o JGM do Huambo no Estádio Municipal do Dande por 4-0.

Últimas Notícias