loader

Angola e Cuba estreitam cooperação no domínio da Defesa

Ministro da Defesa visita até 12 de Abril próximo Havana, a convite do seu homólogo cubano, com o fito de analisarem as relações de intercambio neste domínio

Uma delegação angolana, chefiada pelo ministro da Defesa Nacional, Salviano de Jesus Sequeira “Kianda”, efectua desde ontem, Segunda-feira, uma visita a cidade de Havana, Cuba, no quadro das relações de cooperação existentes entre os dois estados.

A visita, com término previsto para o dia 12 do corrente mês, resulta do convite formulado pelo ministro cubano da Defesa, Leopoldo Cintra Frias “Polo”, e tem como finalidade analisar a cooperação neste domínio, entre os dois países.

A delegação angolana é composta por oficiais generais, superiores e funcionários seniores do Ministério da Defesa Nacional e das Forças Armadas Angolanas (FAA). Os dois estados estabeleceram relações diplomáticas a 15 de Novembro de 1975, quatro dias depois da Independência de Angola.

Em 1976 assinaram o Acordo Geral de Cooperação, que viabilizou a instituição de uma comissão bilateral. Em 2017 subscreveram, em Havana, uma acta no final da XIII arquivo /opa ís santana joa quim Sessão da Comissão Bilateral Intergovernamental Cuba-Angola para a Cooperação Económica, Comercial, Científica, Técnica e Cultural.

A acta foi assinada, na altura, por Angola, pelo então ministro e Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Manuel da Cruz Neto, e, por Cuba, pelo vice-presidente do Conselho de Ministros e ministro da Economia e Plano, Ricardo Cabrisas Ruiz.

Neste contexto, mantêm excelentes relações de cooperação em vários domínios, com destaque para as áreas da defesa e segurança, educação, saúde, transportes, obras públicas, construção, petróleos, desporto, cultura, turismo, agricultura, e outros sectores com menor impacto.

Últimas Notícias