loader

Editorial: E então?

O talão, ou recibo que o automobilista recebe quando paga a portagem na Estrada Nacional 280, a da Serra da Leba, que vai da cidade do Lubango ao Namibe, é um exemplo da falta de clareza e de informação ao cidadão pagador, contribuinte. Na página três de OPAÍS de ontem, edição 1079, veio estampada a fotografia de um talão de portagem daquela estrada. É o grito perfeito a dizer “desconfia” ao cidadão. Como se controla o dinheiro aí pago? Como se garante que todos os automóveis que por aí passam pagam a portagem? Ao tempo que se cobra portagem naquela estrada ainda não se juntou dinheiro suficiente para substituir aquela cancela manual? Com a degradação que a estrada apresenta, seria bom que o Estado apostasse na transparência e se explicasse um pouco mais. Os cidadãos estão cobertos de razão quando reclamam.

Últimas Notícias