Kabuscorp do Palanca regressa às vitórias

Depois de duas derrotas consecutivas, a equipa da Rua F do Palanca venceu, por 2-0, ontem, o Sagrada Esperança da Lunda-Norte. Em Benguela, os proletários ‘esmagaram’ os caalenses

Texto de: Mário Silva

No encerramento da décima jornada do Girabola Zap, Campeonato Nacional, o Kabuscorp do Palanca derrotou por 2-0 ontem o Sagrada Esperança da Lunda- Norte no Estádio dos Coqueiros, em Luanda. Com esta vitória, a equipa do Palanca soma 15 pontos, na quinta posição, enquanto os lundas ocupam o sexto lugar com cartoze.

O treinador dos palanquinos, Sérgio Traguil, sabia que a sua permanência no comando técnico do clube dependia do resultado do jogo, por isso o português colocou em campo as suas melhores unidades. Fruto da avalanche ofensiva que a turma do Rua F do Palanca imprimia sobre a equipa adversária, o Kabuscorp chegou ao golo inaugural por intermédio de Nari, aos quatro minutos, o defesa-central aproveitou a cobrança de um livre directo e cabeceou para o fundo dos diamantíferos.

Volvidos 20 minutos, o lateral esquerdo Ebunga, num lance individual, passou por três opositores e rematou forte para a baliza defendida por JB, o guarda-redes foi incapaz de evitar o segundo para os donos de casa. Mesmo sofrendo um golo de forma madrugadora, os lundas subiram no terreno, porém o avançado Traoré não conseguia passar o central internacional angolano Nari.

No reatamento da partida, o treinador do Sagrada Esperança, Ekrem Asma, fez algumas substituições com o objectivo de reduzir a desvantagem e, quiçá, dar a reviravolta no marcador. Ainda assim, eram os palanquinos que circulavam melhor a bola nos três sectores e conservaram a vitória até o apito final. Após aos noventa minutos, o treinador do Kabuscorp, Sérgio Traguil, mostrou-se feliz com a vitória. Por sua vez, o timoneiro dos lundas, Ekrem Asma, lamentou o desaire.