loader

Técnicas agrícolas de Israel podem ser aplicadas em Angola

Numa altura em que o Executivo aposta na diversificação económica, tendo como base a agricultura, uma das potências agrícolas mundiais está disponível para transmitir a sua experiência. Israel realiza, no mês de Maio, uma feira da agricultura (Agritech Israel)

POR: Patrícia de Oliveira

A agricultura angolana conta agora com um parceiro de peso. O Estado de Israel está apostado em trabalhar com Angola no sector agrícola e agropecuário. Por essa razão estão a ser efectuados vários acordos com participação de empresas Israelitas O embaixador do Estado de Israel em Angola, Oren Rozenblat, reforçou que o futuro da economia de Angola está no sector agrícola, por inúmeras razões, realçando que o petróleo e os diamantes não são a melhor aposta. Realça que o país possui grande futuro na agricultura, pois tem terras aráveis, chuvas, mão-de-obra e muitas potencialidades.

No entanto, avisa que Angola precisa de apostar em altas tecnologias agrícolas para poder competir com outros países. “Angola é 60 vezes maior do que Israel, a população Israelita é de nove milhões, enquanto a angolana ronda os 30 milhões. Por isso, Angola tem tudo para ser uma referência na agricultura”, reconheceu. Israel é um grande exportador de produtos hortícolas e frutícolas. Apesar da sua geografia ser extremamente hostil à prática de actividades agrícolas, é líder mundial em pesquisa agrícola. Mais da metade do país é composto de solos desérticos, com pouquíssima incidência pluviométrica e um clima hostil. Apenas 20% das terras de Israel são aráveis A agricultura representa 2,5% do PIB total e 3,6% das exportações. Enquanto os trabalhadores agrícolas israelitas representam apenas 3,7% da força de trabalho interna, eles produzem 95% dos produtos naturais consumidos dentro de Israel. Os 5% restantes são complementados com importações de cereais, sementes oleaginosas, carne, café, cacau e açúcar.

Workshop sobre agricultura em Maio

No mesmo âmbito, autoridades e empresários angolanos vão participar nos próximos dias de 8 a 10 de Maio, na feira Agritech Israel, que terá lugar no centro de Convenções de Tel Aviv. De acordo com o secretário de Estado da Agricultura, Carlos Alberto Jaime, o workshop tem lugar numa boa altura, pois o país vive uma necessidade imperiosa de aumentar a produção para reduzir as importações. O responsável aproveitou para encorajar os empresários nacionais a participarem na feira Agritech Israel 2018, em Tel Aviv. “Participar na Feira da Agritech será uma oportunidade para o nosso sector empresarial, uma vez que o evento constitui uma janela para o mundo onde os nossos empresários podem expor os seus produtos, assim como visitar várias exposições, trocar ideias e transmitir experiências”, frisou.

Acrescentou ainda que os empresários angolanos poderão interagir com os seus homólogos, estabelecer pontes para um objectivo supremo, de modo a resolver a problemática da segurança alimentar, fome e mitigar a pobreza no país. “Israel é uma potência agrícola com resultados de conhecimentos aplicados em condições climáticas muito adversas. A experiência agrícola de Israel será um grande contributo ao desenvolvimento das investigações no ramo das relações com o Instituto Desenvolvimento Agrário (IDA) e o Instituto de Investigação Veterinária. À luz dos acordos bilaterais existentes entre Angola e Israel têm sido implementados vários projectos agrícolas e pecuários, com participação de técnicos de empresas Israelitas, particularmente o grupo Tahal e o grupo Mitrelli.

Desta cooperação resultou a implementação de projectos com a pareceria do Estado nos domínios da agricultura, pecuária, avicultura em várias províncias do país, com destaque para Aldeia Nova, no Cuanza- Sul, o projecto Quiminha, em Luanda. Também cinco projectos agropecuários nas províncias de Malanje, Moxico, Luanda- Sul, Zaire e Uíge. Espera-se a implementação de quatro projectos pecuários nas províncias de Cabinda, Huambo, Lunda-Sul e Cuanza-Sul, incluindo o projecto de produção e sementes de Milho, Feijão e batata.

Últimas Notícias