loader

Deputados da UNITA interagem com munícipes de Luanda sobre autarquias

O porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, elogiou, ontem, em Luanda, o interesse manifestado pela população da capital do país em saber mais sobre as eleições autárquicas que o país realizará pela primeira vez em 2020

Texto de: Neusa Filipe

o político fez declarações a este jornal após uma visita de campo efectuada por um grupo de deputados da bancada parlamentar do seu partido, no âmbito das jornadas mensais , que visam constatar o dia-a-dia das populações e das instituições. Nesta jornada, em que participaram os 51 deputados que formam o Grupo Parlamentar desta segunda força política do país, houve uma interacção positiva com a população, segundo o responsável.

Sakala disse que o povo demonstrou grande interesse sobre as eleições autárquicas que serão realizadas dentro de dois anos. Com este gesto, o político disse que os cidadãos, independentemente da sua posição política, começam, finalmente, a entender melhor a importância da governação de proximidade.

Durante a visita, informaram ainda aos munícipes sobre a importância deste processo, o qual consideraram como “um elemento essencial para a resolução dos problemas da comunidade”, através dos representantes eleitos nos respectivos municípios.

O porta-voz salientou, por outro lado, que o gradualismo é mais funcional do que territorial, tendo insistido na realização de eleições autárquicas em simultâneo em todo o país, como determina a Constituição da República de Angola(CRA).

Para a realização exitosa deste processo, Alcides Sakala fez um apelo a todos os intervenientes para que participem com civismo, por se tratar de um processo que aprofundará a democracia, a qual considerou como sendo ainda frágil.

O deputado informou que a sua delegação visitou o município de Icolo e Bengo, tendo lamentado o estado em que encontraram as duas únicas escolas situadas naquele município. Relatou que a escola nº 75 e a escola da Aldeia Solar, ambas não possuem água nem electricidade, situação que preocupa os alunos e os professores.

Últimas Notícias