loader

Dados estatísticos do sector produtivo serão conhecidos em Junho

Os dados sobre o sector produtivo, actualmente em recolha, serão divulgados no Congresso da Confederação Empresarial de Angola que terá lugar no mês de Junho, em Luanda

Texto de: Patrícia de Oliveira

A Confederação Empresarial de Angola (CEA) está engajada na recolha de informação estatística sobre o sector produtivo nacional. Segundo a vice-presidente da CEA, Filomena Oliveira, a organização trabalha com o Governo para identificar os principais constrangimentos e respectivas consequências, e apontar prioridades por parte do Executivo e do sector privado.

O objectivo, segundo Filomena Oliveira, é tornar o país auto- sustentável em termos alimentares, levando a agricultura a contribuir mais para a economia. “Temos que satisfazer as necessidades internas de alimentos para entrarmos no mercado competitivo das exportações”, apontou.

Na mesma senda, a responsável associativa referiu que o congresso de produção nacional vai apresentar soluções que sejam capazes de mitigar os efeitos da crise económica que o país vive. Avançou também que “o processo de preparação do primeiro congresso de produção nacional decorre com normalidade.

A CEA realizou este mês o lançamento do processo que vai culminar com a divulgação dos dados estatísticos, acto que terá lugar no dia 27 de Junho do presente ano”, indicou.

Neste momento, a Confederação Empresarial de Angola (CEA) trabalha com várias áreas do Executivo do sector produtivo, nomeadamente a agricultura, indústria, transportes, comércio, serviços e outros, para fazer um levantamento estatístico em todas as regiões do país.

Explica que serão ainda apresentados os constrangimentos no sector produtivo, afirmando que “existem questões transversais, como é o caso do crédito bancário e os seguros”, reconheceu. Em sua opinião, os relatórios a serem apresentados pelos produtores vão possibilitar a preparação de propostas concretas destinadas a superar as dificuldades e constrangimentos que os empresários enfrentam.

O evento servirá igualmente para abordar a situação actual das empresas, o acesso ao crédito, a dívida, o seguro, as razões que levam muitas empresas a encerrar portas e encontrar soluções. Disse ainda que o levantamento será extensivo a todo o sector produtivo, designadamente a indústria, agricultura, transportes, comércio, serviços, pescas, agro-pecuária e outros.

“Estamos a trabalhar com todas as províncias do país para presentar um levantamento real e concreto”, avançou, acrescentando que é desejo da CEA que o Executivo cuide apenas de questões políticas, deixando toda execução para o sector privado.

Últimas Notícias