loader

Benedito Daniel: PRS está em franco crescimento

O presidente do Partido de Renovação Social (PRS), Benedito Daniel, disse esta Quarta- feira, em Luanda, que o partido que dirige está em franco crescimento.

POR: Maria Custódia

O facto foi revelado em conferência de imprensa, que serviu para apresentar aos jornalistas o acórdão 479/2018 do Tribunal Constitucional(TC), que negou o provimento do pedido de impugnação do congresso, apresentado pelo candidato derrotado Sapalo António. Este órgão jurisdicional, no seu acórdão, diz não terem sido provadas as alegadas irregularidades apontadas pelo requerente, que foi o antigo secretário de Administração e Finanças do PRS.

Segundo Benedito Daniel, o partido está cada vez mais forte e a trabalhar para a coesão dos seus membros, tendo informado que todas as semanas recebe novos militantes, dentre os quais militantes de base de outros partidos. Eleito no IV Congresso realizado em Maio do ano passado, o líder do renovadores sociais reiterou o que disse neste conclave, que era trabalhar com todos para o engrandecimento desta força política. O que Benedito Daniel não disse nesta conferência de imprensa é se estaria disposto a receber Sapalo António para trabalhar com ele, depois destas desavenças pós-congresso. Em Fevereiro deste ano, 57 militantes da CASA-CE, no Huambo, filiaram-se no PRS, incluindo o secretário municipal da Chikala Choloanga.

Sobre o acórdão

Ainda sobre o acórdão, Benedito Daniel informou que o plenário do Tribunal Constitucional (TC) avaliou as reclamações do requerente Sapalo António e as contra-alegações do PRS, tendo depois emitido o competente acórdão a seu favor. Explicou que as reclamações do seu mais directo concorrente não faziam sentido nenhum, na medida em que teve representantes em todos os órgãos que prepararam o congresso. Disse que os mesmos acompanharam o processo até ao fim e em nenhum momento apresentaram reclamação dos actos alegados por Sapalo António. Deplorou o facto deste ter alegadamente recorrido, em alguns casos, à falsificação de documentos para pôr em causa o congresso que o elegeu como novo líder do PRS, em substituição de Eduardo Kwangana.

Últimas Notícias