loader

Ellen Johnson Sirleaf recebe prémio ibrahim de liderança africana

Ellen Johnson Sirleaf, ex-Presidente da Libéria, aceitou na noite de Sextafeira, 27, o Prémio Ibrahim 2017 de Liderança Africana numa uma Cerimónia especial realizada no Kigali, Ruanda. Falando a convidados, do Ruanda e de todo o mundo, a Presidente Sirleaf disse: “Estou honrada por receber este ano o Prémio Ibrahim da Liderança Africana. Recebo esta distinção em nome das muitas mulheres e homens que ajudaram a navegar nas profundas complexidades do país que é a Libéria pós-conflito.

Como primeira mulher a receber este prémio, é minha esperança que mulheres e meninas em toda a África sejam inspiradas a romper barreiras e a empurrar de novo as fronteiras das capacidades que vida aufere”. O Prémio Ibrahim reconhece e celebra a excelência na liderança africana. É um prémio de USD 5 milhões pago em 10 anos, e USD 200.000 anualmente para a vida a partir de então.

Entregando o Prémio à Presidente Sirleaf, Salim Ahmed Salim, presidente da Comissão Independente do Prémio, opinou: “Madame Sirleaf incorporiza o tipo e o modelo que o Prémio pretende honrar. Não reconhece bons líderes – dos quais a África tem muitos – mas figuras realmente excepcionais, que, pela sua natureza, são raros.

Estamos à procura de líderes que deixem o seu país num estado muito melhor do que quando tomaram posse, que fortaleceram a confiança dos seus concidadãos no Estado e na liderança e conseguiram construir um melhor legado para o povo”. Elogiando a Presidente Sirleaf, H.E. Alassane Ouattara, Presidente da Côte d’Ivoire revelou: “A sua contribuição vai muito além da Libéria. O povo da Costa do Marfim, por exemplo, nunca ficará grato o suficiente para com ela.

Durante a crise pós-eleitoral na Côte d’Ivoire, a Presidente Sirleaf foi uma voz constante de moderação, recebendo centenas de milhares de ivoirienses na Libéria e sempre tentando encontrar soluções duradouras e pacíficas”. Mo Ibrahim, fundador da Fundação Mo Ibrahim, mostrou quão feliz estava: “É maravilhoso ter um vencedor este ano, e também é maravilhoso que a vencedora seja ela.

Quão apropriado é que a Presidente Sirleaf seja honrada aqui no Ruanda, quando ninguém fez mais pelas mulheres e pela questão de gênero do que o Ruanda”. Por sua vez, Paul Kagame, Presidente de Ruanda, disse: “A liderança é tanto um privilégio quanto um dever.

Só pode ser bem avaliada em função dos resultados concretos que os cidadãos podem sentir na sua vida quotidiana, bem como pelo nível de confiança que eles têm nas instituições públicas. Nos tempos que correm, nós, governantes, devemos trabalhar o máximo que pudermos para fazer as coisas certas para o futuro do nosso povo”.

A Cerimónia do Ibrahim 2018, principal evento da Fundação Mo Ibrahim, que ocorre num país africano diferente a cada ano, ficou marcada para este fim-desemana. Ontem, o Fórum Ibrahim reuniu especialistas de toda a África e do mundo para discutir o ‘Serviço Público em África’ – a sua relação com a boa governação e liderança eficaz, os seus novos desafios e deficiências actuais e as formas e meios para o fortalecer e o tornar atraente para a próxima geração. Jovens representantes de todo o continente também discutiram esses temas num fórum consagrado à próxima geração, especialmente assinalada como legatária das melhorias na Libéria.

O fim de semana será encerrado com um espectáculo ao vivo com Sauti Sol, Peter P-Square, Riderman, Knowless, Phionah Mbabazi e Charly & Nina.
Fundação mo ibrahim A Fundação Mo Ibrahim foi criada em 2006 com foco na importância crítica da liderança e governação em África.

Ao fornecer ferramentas para apoiar o progresso na liderança e governação, a Fundação visa promover mudanças significativas no continente e concentra-se na definição, avaliação e melhoria da governação e liderança em África, através de quatro iniciativas principais do Ibrahim Index of African Governance (IIAG):
Fórum de ibrahim Prémio Ibrahim para a conquista da liderança africana Bolsas Ibrahim e Bolsas de Estudo Ibrahim Index of African Governance (IIAG) O IIAG é uma avaliação estatística anual da qualidade governação Publicado desde 2007, o IIAG foi criado para fornecer uma ferramenta quantificável a fim de medir e monitorar o desempenho da governação nos países africanos, avaliar o seu progresso ao longo do tempo e apoiar o desenvolvimento de soluções políticas eficazes e responsáveis.

O IIAG mede o desempenho da governação em quatro categorias principais; Segurança e Estado de Direito; Participação e Direitos Humanos; Oportunidade Económica Sustentável e Desenvolvimento Humano. Cada uma delas contém sub-categorias que contêm vários indicadores que fornecem medidas quantificáveis das dimensões gerais da governação. No total, o IIAG contém 100 indicadores. A fim de fornecer uma imagem ampla, documentada e imparcial do desempenho da governação, os indicadores usados para a medir, são colectados de 36 fontes de dados internacionais e africanas independentes, utilizando avaliações de especialistas, dados oficiais e pesquisas de percepção do cidadão.

O IIAG é o conjunto de dados existente mais abrangente e atualizado sobre a governação africana.
Fórum ibrahim Fundado em 2010, o Fórum Ibrahim é um fórum anual de discussão de alto nível que aborda questões de importância crítica para África.

O Fórum reúne proeminentes líderes políticos e empresariais africanos, representantes da sociedade civil, instituições multilaterais e regionais, bem como os principais parceiros internacionais de África para identificar desafios políticos específicos e prioridades de acção.

Assuntos já tratados no Fórun: África em momento de ruptura (2017); Dinâmica Urbana Africana (2015); África nos próximos 50 anos (2013); Juventude Africana (2012); Agricultura Africana (2011) e Integração Económica Regional Africana (2010) ).
prémio ibrahim da liderança africana O Prémio Ibrahim celebra a excelência na liderança africana.

É concedido a um ex-Chefe Executivo de Estado ou de Governo por um comité de prémio independente. Laureados anteriores: os presidentes Joaquim Chissano (2007, Moçambique); Festus Mogae (2008, Botswana); Pedro Pires (2011, Cabo Verde e Hifikepunye Pohamba (2014, Namíbia); O Laureado Honorário Ibrahim 2007 – Presidente Nelson Rolihlahla Mandela.

Johnson sirleaf 2017 Ellen Johnson Sirleaf

Serviu como Chefe de Estado da Libéria de 2006 a 2018 e ecebeu o Prémio Ibrahim 2017 da Liderança Africana consagra uma liderança excepcional e transformadora, face a desafios sem precedentes e renovados, com o intuito de levar a cabo a recuperação da Libéria após muitos anos de guerra civil devastadora.

Bolsas ibrahim e bolsas de estudo

As Bolsas de Liderança Ibrahim formam um programa selectivo concebido para orientar os futuros líderes africanos. Com este programa de bolsas anuais, procura-se aprofundar e alargar a rede crescente que continua a contribuir, com subtil habilidade e aprendizagem, uma África melhor.

As bolsas oferecem a oportunidade de trabalhar nos escritórios executivos do AfDB (Abidjan), da UNECA (Addis Ababa) ou do ITC (Genebra), com uma remuneração anual de USD 100.000. As Bolsas de Estudo Ibrahim apoiam aspirantes a líderes africanos em várias instituições académicas distintas. As bolsas de estudo desenvolvem o talento de jovens africanos excepcionais.

Últimas Notícias