loader

ANGOLA E ZÂMBIA ABDICAM DOS VISTOS

Cinco acordos de cooperação político-económica rubricados entre os governos de Angola e da Zâmbia marcaram o primeiro dia da visita de Estado que o Presidente angolano, João Lourenço, efectua a este país, a convite do seu homólogo, Edgar Lungu.

Na cerimónia, realizada no Palácio Presidencial de Lusaka, e testemunhada pelos dois estadistas, foram assinados, designadamente, os acordos de supressão de vistos nos passaportes ordinários (normais), Acordos diplomáticos, segurança e ordem públicas, agricultura e sobre questões aduaneiras, noticiou a ANGOP. O destaque vai para a supressão de vistos e pretende-se que a livre circulação de pessoas e bens venha proporcionar uma maior troca entre os dois povos e aumentar o volume de negócios, actualmente fixado em cinco milhões de dólares anuais, cifra irrisória para as potencialidades de ambos os países.

Por sua vez, o instrumento jurídico relativo às questões aduaneiras prevê a troca de informação e uniformização de procedimentos e assistência técnica, uma vez que os dois países partilham uma fronteira de mais de mil quilómetros e urge regular o movimento de pessoas e mercadorias de um e outro lado. Outrossim, estabelece um conjunto de horários de funcionamento dos dois postos aduaneiros localizados no Rivungo e Katwitwi (na província angolana do Cuando Cubango), assim como privilegia a legislação de mercadoria proibida à luz do referido acordo. No domínio agrícola, o acordo permitirá a troca de experiências entre os dois países. Actualmente Angola exporta para a Zâmbia peixe, enquanto este país o faz em relação ao milho.

No prosseguimento do programa da sua visita, o Presidente João Lourenço rendeu singela homenagem aos ex-presidentes da Zâmbia já falecidos, depositando coroas de flores, no cemitério presidencial, onde repousam os seus restos mortais. Trata-se de Frederick Chiluba (1991-2001), Levy Mwanawasa (2001-2008) e Michael Chilufya Sata (2011-2014). Ainda ontem, o estadista angolano proferiu um discurso no encerramento do fórum empresarial Angola/Zâmbia e efectuou uma visita de cortesia ao antigo Presidente zambiano Kenneth Kaunda. Quinta-feira, João Lourenço, que se faz acompanhar de quadros seniores do seu gabinete e de dez ministros, visita a fábrica universal de produção de aço e indústrias químicas e minerais, antes de deixar a capital zambiana com destino à Namíbia onde, igualmente, fará uma visita de Estado de dois dias.

Últimas Notícias