loader

Morreu Afonso Dhlakama, líder da Renamo

As causas da morte não tinham sido oficialmente divulgadas até ao fecho desta edição, sabendo-se apenas que Dhlakama morreu nas matas da serra da Gorongosa, apesar de jornalistas moçambicanos aventares a diabetes como causa da morte.

A televisão moçambicana TIM avançou que Afonso Dhlakama, líder da Renamo, morreu esta Quinta-feira. Tinha 65 anos. As causas da morte não são ainda conhecidas, sabendo-se apenas que Dhlakama morreu nas matas da serra da Gorongosa, na província de Sofala, onde se encontrava escondido desde 2015.

O político e ex-guerrilheiro moçambicano Afonso Dhlakama, líder da Renamo há quase 40 anos, morreu esta Quinta-feira a bordo de um helicóptero que o tentava levar para um tratamento médico após uma grave crise diabética, confirmou ao jornal português PÚBLICO uma fonte que acompanha o processo de paz em Moçambique.

Últimas Notícias