loader

Associação italiana “Moto for Peace” chega hoje a Luanda

Associação está desde Sexta-feira (04) em território angolano, onde entrou por via da fronteira com a Namíbia, na província do Cunene, com o objectivo de contribuir para acções humanitárias e proceder à oferta de donativos a Missões Católicas

POR: Maria Custódia

Membros da associação italiana sem fins lucrativos “Moto for Peace” chegam hoje, Segunda-feira, a Luanda, capital de Angola, após passarem pelo Lubango (Huíla), Baía Farta (Benguela) e Porto Amboim (Cuanza-Sul). O périplo por alguns países do continente africano está a ser levado a cabo em motos e tem por fito contribuir por via de acções humanitárias na implementação de projectos e iniciativas para melhorar as condições das comunidades onde operam missionários, bem como reforçar os vínculos entre as polícias de diversas nacionalidades. Neste contexto, a organização, composta por membros da Polícia de Estado italiana, corpo de Carabinieri e outras forças policiais estrangeiras da Bélgica, Áustria e Espanha,realizou a primeira doação à Missão Católica de Ondjiva (Cunene), a primeira etapa da aventura.

Conta com o apoio do Ministério das Relações Exteriores angolano que, em colaboração com a Embaixada da Itália em Angola está a criar condições para que os motociclistas possam sentir-se mais serenos, num território tão distante das suas próprias famílias. De acordo com o comunicado da Embaixada italiana em Angola enviadoa OPAÍS, em Luanda, onde ficarão alguns dias, estão programadas algumas actividades e encontros com as autoridades da Polícia Nacional.

De Luanda seguirão para Malange, onde visitarão as quedas de Calandula, bem como farão uma outra doação a uma outra Missão Católica. Prosseguirão para Saurimo, província da Lunda-Sul, e Luau (Moxico), até passarem a fronteira com a Zâmbia, onde continuarão as suas actividades.

Últimas Notícias