loader

Especialistas no exterior elogiam prática de marxismo como chave para sucesso da China no desenvolvimento

Especialistas e estudiosos no exterior elogiaram a prática sábia do marxismo pela China, adaptando a teoria para a sua realidade variável, como chave do seu sucesso no desenvolvimento, ao comentarem o discurso do presidente chinês, Xi Jinping, em comemoração aos 200 anos do nascimento do filósofo alemão Karl Marx, na Sexta-feira.

Harro von Senger, professor do Instituto Suíço de Direito Comparado, disse que a chave para o sucesso do desenvolvimento da China está na sua capacidade de implementar o marxismo e enriquecer a teoria com a sua prática vigorosa e ampla. O marxismo não é apenas uma visão científica do mundo, mas também uma metodologia científica, acrescentou. Von Senger enfatizou que outro motivo para o sucesso da China é que o país não tomou o marxismo meramente como uma doutrina. Em vez disso, o combinou num modo flexível com as condições nacionais e formulou directrizes e políticas correctas.

Na Sexta-feira, no seu discurso numa reunião, em Beijing, para celebrar o 200º aniversário do nascimento do pioneiro do movimento comunista internacional, o presidente Xi Jinping elogiou o marxismo como uma teoria aberta e científica capaz de responder aos novos desafios da sociedade humana. “O marxismo, pela primeira vez, explorou o caminho para a liberdade e libertação da humanidade a partir da posição da população e apontou a direcção, com teoria científica, para uma sociedade ideal sem opressão ou exploração, onde todas as pessoas desfrutariam de igualdade e liberdade”, disse Xi.

Li Renliang, especialista do Instituto Nacional de Administração de Desenvolvimento da Tailândia, disse que a prática sábia do marxismo pela China conforme a sua realidade mostra que a teoria científica guiou o desenvolvimento do país, e este, em retorno, enriqueceu o pensamento profundo. Midhuam Saud, vice-presidente da Organização Comercial e Cultural da China das Maldivas, disse que o socialismo com características chinesas demonstra como a China adoptou o marxismo para o seu próprio desenvolvimento. A China comprovou a viabilidade do marxismo na prática, acrescentou Gai Lin, secretário-geral do Grupo de Amizade UE-China do Parlamento Europeu, assinalou que o Partido Comunista da China tem o mesmo espírito de se empenhar constantemente para os ideais que Marx possuía.

Gai disse que esse espírito motivou o país asiático a iniciar o socialismo com características chinesas e a introduzir o conceito de construir uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade, num esforço para alcançar o rejuvenescimento da nação chinesa e construir um mundo melhor. Stephan Ossenkopp, membro sénior do Instituto Schiller da Alemanha, um think tank, disse que o discurso de Xi o impressionou com a ênfase da China no desenvolvimento centrado no povo. O socialismo com características chinesas, derivado do marxismo, tirou milhões de pessoas da pobreza e impulsionou o sucesso económico notável da China, acrescentou.

Últimas Notícias