Crime: Anciã de 80 anos morta pelo filho por suposta de feitiçaria

O indiciado terá justificado a sua acção com as mortes sucessivas de cinco filhos, o último dos quais no princípio do presente ano, cuja responsabilidade atribuiu à sua própria mãe

Texto de: Milton Manaça

A anciã Júlia Nguangua, de 80 anos, foi brutalmente espancada pelo próprio filho, que a acusa de ser a autora da morte dos seus cinco filhos, netos da vítima, através da prática de feitiçaria. Segundo o porta-voz da Polícia Nacional no Huambo, Martinho Kavita, a morte, que aventase a possibilidade de tratar-se de um crime de homicídio voluntário, ocorreu no Domingo, 20, na Ombala de Chilombe, no município do Bailundo, na residência da velha Júlia, como era tratada.

O suspeito, de 39 anos, perdeu cinco filhos, o último dos quais no princípio do presente ano. Contou, no primeiro interrogatório, que decidiu fazer justiça com mãos próprias por ter concluído que a sua própria mãe fazia recurso ao feiticismo para pôr fim à vida dos netos. Sem fornecer mais detalhes, Martinho Kavita fez saber que o jovem acusado já se encontra detido, e o seu processo será remetido nos próximos dias ao Ministério Público para os devidos procedimentos judiciais.

Sobrinho agride tia com machado Ainda no Huambo, um jovem de 26 anos é acusado de ter cometido um crime de ofensa corporal voluntária por, alegadamente, ter agredido a sua tia com um machado, após se terem desentendido. A acção, que ocorreu no bairro de Catchindombe, no Domingo, resultou em vários ferimentos a cidadã, que se encontra a receber tratamento ambulatório.

A fonte policial disse que o suspeito também já se encontra detido numa das esquadras da cidade do Huambo. Na mesma senda, detiveram preventivamente outros três suspeitos de terem cometido crimes de posse e uso ilegal de arma de fogo e por roubo de diversos electro-domésticos.

As forças da Ordem Pública detiveram também motorizadas sem matrícula que, supostamente, eram usadas para cometimento de delitos.