loader

Subsidiária da Chevron em Angola promove hábitos de leitura e lazer no Complexo Escolar Mamã Muxima

A iniciativa foi revelada esta Terça-feira,22, pela referida Companhia, uma jornada com início no Complexo Escolar Mamã Muxima, em Luanda. Também foi anunciado o apoio à 10ª edição do programa de Bolsas de Estudos para Estudantes Universitários em Cabinda.

O programa iniciado em 2009, já beneficiou estudantes do Instituto Superior Politécnico Lusíada Cabinda (ISPL) e do Instituto Superior Politécnico de Cabinda (ISPCAB), em que 51 estudantes concluíram a formação com sucesso.

Para o corrente ano académico, o programa beneficiará 45 estudantes e visa facilitar o pagamento de propinas aos estudantes com desempenho meritório. “O apoio ao programa de bolsas de estudo faz parte de uma estratégia mais abrangente para o sector da Educação, que se resume na melhoria dos processos de ensino- aprendizagem, maior e melhor acesso ao sistema educativo e formação profissionalizante.” declarou Henda Valério, director do departamento de Recursos Humanos da CABGOC.

O evento conta com a participação de Jorge Casimiro Congo, Secretário Provincial da Educação, Reitores e Representantes das Universidades 11 de Novembro, Lusíada e Instituto Superior Politécnico de Cabinda (ISPC). Ainda no âmbito da estratégia para a educação, a CABGOC apoiou a criação e apetrechamento da biblioteca do Complexo Escolar Mamã- Muxima, tornando-se um espaço destinado ao saber e ao lazer que vai beneficiar acima de 1275 alunos. A inauguração conta com a presença de Jorge Casimiro Congo, Secretário Provincial de Educação, e sua Reverência Padre.

Francisco Nionje Capita, o padre e a irmã Cecília Puma Virgínia Konde. Estes eventos têm lugar no mês da celebração da cidade de Cabinda, onde a CABGOC opera há mais de 60 anos, e de cuja comunidade orgulhosamente se sente parte integrante. Entre os vários investimentos, a CABGOC distingue a promoção do conhecimento, como um dos principais incentivadores do desenvolvimento sustentável do país. Os dois programas estão avaliados em mais de 170 mil dólares, e fazem parte do programa de investimento na área da Educação.

Últimas Notícias