loader

Carta do leitor: Lei de repatriamento de capitais

Os governantes e políticos angolanos andam preocupados com a reconciliação nacional, perdão, moralização da sociedade, mas eles carecem desses valores humanos. Muito obrigado senhor Director do jornal OPAÍS pela oportunidade que me concede, para manifestar o meu profundo desagrado ao senhor deputado da Assembleia Nacional e presidente da bancada parlamentar do MPLA, senhor Salomão Xirimbimbi.

POR: Sebastião Francisco

A quando da realização das eleições de 2017, o povo angolano deu uma grande lição de moral aos políticos angolanos, de forma ordeira, educada, irmandade e patriótica, como afluiu às urnas, demonstrando sem reservas, que está mais unido e reconciliado em relação aos seus políticos!… Doravante, no dia 17 de Maio do ano corrente, ouvi atentamente, quando da aprovação da Lei de Repatriamento de capitais, na Assembleia Nacional, o senhor deputado Salomão Xirimbimbi. Ao pronunciar-se sobre a proposta da Lei da UNITA, devia apenas dar a conhecer as irregularidades ou imprecisões que a proposta continha, sem desembocar “aos diamantes de sangue´´!… Havia razões suficientes para ir ao encontro deste passado? O senhor deputado Salomão Xirimbimbi, ao desenterrar este agonizante passado, esqueceu-se que trouxe à tona algumas feridas psíquicas cicatrizadas. Alguns de nós fomos usados pela UNITA como bestas de carga, transportando o seu material bélico de uma região do país para outra e variadíssimas sevícias e castigos brutais. O senhor deputado Salomão Xirimbimbi, ao se pronunciar nestes termos, demonstrounos claramente que ainda não está reconciliado, nem tão pouco perdoou!… Se nós como políticos e governantes do país, ainda somos portadores de montanhas e muros de ódio e de ressentimentos construídos nos nossos corações, porque exigir a reconciliação nacional e a moralização da sociedade? Não seríamos nós, autênticos hipócritas? Ou então, autênticos gálatas, que começaram na fé e terminaram na carne? Eu não sou militante da UNITA, nem estou defendé-la, mas um político calcinado por muitos cacimbos como o deputado salomão Xirimbimbi, não pode nem deve fazer estes pronunciamentos inglórios que minam o perdão e a reconciliação entre os Angolanos. Espero que o doutor salomão Xirimbimbi não volte a usar este tipo de linguagem, própria de gente menos urbana e que não é do tamanho do deputado salomão Xirimbimbi. A terminar, peço as minhas sinceras desculpas, se as minhas palavras podem melindrar.

Últimas Notícias