loader

Responsável cultural sugere valorização das figuras históricas africanas

Numa palestra sobre o papel das figuras históricas africanas, com particular realce para Nelson Mandela, no processo de libertação e independência dos países africanos, numa promoção do Ministério da Cultura, Francisco Alexandre afirmou que a juventude tem o dever de valorizar, preservar e difundir o legado de individualidades que tudo deram em prol da afirmação e bem-estar dos africanos, em geral, e particularmente dos angolanos.

Francisco Alexandre afirmou que líderes como Nelson Mandela deram a sua vida pela liberdade africana, contribuindo para o fim do regime de Apartheid, que culmidr nou com as primeiras eleições democráticas na África do Sul, e a independência da Namíbia.

Em alusão ao Dia de África, a assinalar- se a 25 deste mês, o Ministério da Cultura promove um ciclo de palestras, entre outras actividades culturais, ressaltando a figura de Nelson Mandela.

Dia de África

O Dia de África foi instituído depois da reunião dos chefes de Estados africanos, a 25 de Maio de 1963, em Addis- Abeba, Etiópia, para debater questões decorrentes da sua descolonização e criar uma organização política continental que defendesse os interesses de todos.

Últimas Notícias