loader

Coreia do Norte destrói local de testes nucleares com série de explosões

As explosões no local de testes nucleares nas profundezas das montanhas do nordeste do país foram centradas em três túneis no subsolo e em vários edifícios na área circundante.

O encerramento foi anunciado pelo líder Kim Jong-un, antes da cimeira com o presidente dos EUA, Donald Trump, segundo a qual a mesma deverá ocorrer no próximo mês, mas já descartada este. Ao trazer um pequeno grupo de jornalistas de televisão e outros membros dos media, o Norte provavelmente espera ter imagens dramáticas do encerramento -incluindo explosões para colapsar as entradas do túnel – transmitidas no mundo inteiro.

O grupo de jornalistas que testemunhou a demolição incluiu uma equipa da Associated Press Television. Não foram convidados inspectores internacionais de armas nucleares para presenciar a cerimónia. A primeira explosão que os jornalistas visitantes testemunharam aconteceu por volta das 11 horas local. As autoridades norte-coreanas declararam que o túnel norte destruído foi usado em cinco testes nucleares entre 2009 e o ano passado.

Duas outras explosões, por volta das 2:20 da tarde e 4 da tarde, demoliram os túneis oeste e sul, segundo oficiais norte-coreanos. A demolição de Quinta-feira também envolveu a destruição de postos de observação e quartéis usados por guardas e demais trabalhadores das instalações.

Últimas Notícias