loader

Jovem de 33 anos espancado até à morte

Um cidadão de 33 anos de idade, foi encontrado morto na localidade de Hima, comuna do Hoque, município do Lubango, província da Huíla, depois de quatro dias desaparecido, vítima de espancamento

POR: João Katombela, na Huíla

Um grupo de quatro indivíduos interpelou a vítima junto do seu curral, amarraram-no e o espancaram até à morte. Para livrar-se do cadáver, os acusados transportaram o corpo para um lugar baldio, onde foi encontrado quatro dias depois. A informação foi avançada, ontem, pelo director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando Provincial da Policia Nacional, na Huíla, Superintendente Carlos Alberto, como parte do balanço da situação operativa dos últimos sete dias.

Um dos quatro agressores, de 43 anos de idade, camponês, encontra-se à contas com a Justiça. O facto aconteceu no dia passado dia 15, na comuna do Hoque, por desentendimento entre as partes, tendo o cidadão de 43 anos, em companhia de três amigos seus, partido para a agressão brutal, ao ponto de tirar a vida do cidadão de 33 anos. Ficou ainda por se esclarecer as razões que levaram ao desentendimento.

No mesmo período, foram igualmente registados um total de 60 crimes de natureza diversa, tendo sido esclarecidos 75,4 por cento, contra 70,3 por cento em igual período anterior, representando uma média de 8,7 crimes praticados por dia. A prática destes delitos resultou na detenção de 43 cidadãos nacionais como presumíveis autores dos mesmos. Estes crimes estão classificados como roubos, furtos, ofensas corporais e outros. Durante os sete dias, a Policia Nacional na Huíla apreendeu, durante a actividade de enfrentamento policial, seis armas de fogo, sendo quatro do tipo AKM e duas do tipo pistola com as marcas Star e TT e quatro carregadores com 25 munições.

Últimas Notícias