loader

Xi reúne-se com Merkel e pede laços China-Alemanha de nível mais alto

O presidente chinês, Xi Jinping, disse na Quinta-feira à chanceler alemã, Angela Merkel, que a China trabalhará com a Alemanha para impulsionar os laços bilaterais de modo a atingirem nível mais alto.

Xi deu as boas-vindas a Merkel por ocasião da sua 11ª visita à China e elogiou a grande importância que ela atribui aos laços bilaterais. Desde que os dois países estabeleceram uma parceria estratégica abrangente em 2014, os vínculos bilaterais melhoraram significativamente, com a amplitude e profundidade de cooperação alcançando um nível sem precedentes, disse Xi. Segundo ele, a China e a Alemanha devem dar o exemplo de cooperação em que ambos os lados ganham, assumir a liderança na promoção dos laços sino-europeus, defender um novo tipo de relações internacionais e superar as diferenças ideológicas de cooperação.

“Esta deve ser a direcção para a qual os laços bilaterais vão-se dirigir na próxima etapa”, afirmou Xi. Ele pediu que ambos os lados mantenham um intercâmbio de alto nível, melhorem o planeamento de cima para baixo dos laços bilaterais, encorajem a cooperação bilateral em várias áreas e aproveitem bem os mecanismos de diálogo. “Esperamos que a Alemanha possa aproveitar as oportunidades geradas pela nova ronda de reforma e abertura da China”, disse Xi. Segundo o presidente, os dois países devem expandir a cooperação industrial e de mercado, impulsionada pela inovação e explorar conjuntamente os mercados de outros países. Os dois países precisam de intensificar o intercâmbio cultural e entre as pessoas para consolidar as bases de amizade e lidar conjuntamente com os desafios globais, assinalou Xi. “Gostaríamos de promover a governança global e o multilateralismo junto com a Alemanha dentro dos quadros multilaterais.” A China aprecia o apoio da Alemanha à Iniciativa do Cinturão e Rota e dá as boas-vindas à participação activa das empresas alemãs. Merkel disse estar contente em visitar a China logo após a sua reeleição em Março como chanceler.

Respondendo aos comentários de Xi sobre os laços bilaterais, Merkel notou que a China é um importante membro da comunidade internacional e uma importante parceira comercial da Alemanha. Como os laços sino-alemães entraram numa nova era, a Alemanha está disposta a aproveitar as novas oportunidades da reforma e abertura da China para expandir a cooperação em comércio e investimento, bem como intercâmbios culturais e entre os dois povos, disse ela. Quanto à integração europeia, Xi notou que a China sempre apoiou firmemente a Europa na escolha de um caminho de integração, acrescentando que a China espera que a União Europeia mantenha unidade, estabilidade, abertura e prosperidade. A China está disposta a trabalhar com o lado europeu para defender o multilateralismo e enviar mais mensagens claras, previsíveis e que estimulem a confiança, para o desenvolvimento de uma situação internacional estável e contribuinte para todos, disse Xi.

Segundo Merkel, a situação internacional teve grandes mudanças, e os dois países devem melhorar a comunicação e a coordenação nos assuntos internacionais, intensificar a cooperação dentro de estruturas multilaterais, como o G20. A Alemanha apoia a cooperação Europa-China, ressaltou ela. Os dois lados também trocaram pontos de vista sobre o comércio internacional, a questão nuclear do Irão e outros assuntos de interesse comum. Merkel realizou uma visita oficial à China na Quinta e Sexta-feira a convite do primeiro-ministro chinês, Li Keqiang. Na Quinta-feira, Li Zhanshu, presidente do Comité Permanente da Assembleia Popular Nacional, o mais alto órgão legislativo da China, reuniu-se com Merkel e pediu mais cooperação parlamentar entre os dois países.

Últimas Notícias