loader

Angola e França reforçam cooperação nos domínios da Agricultura e da Defesa

O Presidente da República, João Lourenço, encontra-se desde ontem, Domingo 27, em Paris, na sua primeira visita oficial a um país europeu, à frente de uma delegação composta por ministros e empresários, em que está previsto proceder à assinatura de acordos de cooperação no domínios da Defesa, da Agricultura e de formação. O ponto mais alto da visita será o encontro que o Chefe de Estado angolano vai manter, hoje, com o seu homólogo francês, Emmanuel Macron, no Palácio do Eliseu, por volta das 13 horas de Paris, 11 horas de Luanda

POR: Rila Berta, enviada a França

O programa da visita a que OPAÍS teve acesso indica que a jornada de trabalho do Chefe de Estado angolano começará às 8 horas locais, duas horas a menos que Luanda, com uma visita à sede da UNESCO, onde João Lourenço protagonizará um encontro com a directora geral da referida instituição, Audrey Azoulay. Prevê-se durante este período uma visita guiada à uma exposição, sobre as realizações de Angola na UNESCO.

Em seguida, o Presidente da República visitará uma escola politécnica, sendo que posteriormente se deslocará à Praça dos Inválidos com a delegação que o acompanha. Participarão nesta cerimónia o ministro da Agricultura francês, Stéphane Travert e o governador militar de Paris. A hora do almoço estará marcada para o ponto mais alto da visita, em que o Chefe de Estado angolano será recebido no Palácio do Eliseu pelo seu homólogo francês, Emmanuel Macron, momento em que será realizado um almoço oficial. Em seguida, os dois Chefes de Estado manterão um encontro privado, seguindo-se, a posteriori, a assinatura de acordos como o de “cooperação no domínio da Defesa”; a “convenção da agência francesa de desenvolvimento (AFD) no domínio da Agricultura; a convenção sobre a subvenção dos estudos”; bem como acordo de estabelecimento da “promoção e participação para a cooperação económica (PROPARCO), filial da AFD para o sector privado.

Posteriormente, o Presidente da República visitará a sede da Assembleia Nacional francesa, estando previsto, in loco, um encontro com o presidente do referido órgão legislador, François de Rugy. A agenda do Chefe de Estado inclui uma vista às instalações do movimento de empresas francesas, Medef International. No local , deverão ser assinados acordos de cooperação entre a Sonangol e a Total, no domínio de serviços e de atribuição de bolsas a estudantes angolanos. Está igualmente agendado para o dia de hoje a realização de um encontro entre cerca de 80 empresários franceses com 20 empresários angolanos. Amanhã, Terça-feira, 29, o Presidente da República desloca- se-á a Toulouse, onde vai visitar as instalações da empresa de aviação Airbus, o Instituto Nacional de Investigação Agronómica (INRA) e a cooperativa agrícola ARTERRIS.

De acordo com o embaixador de Angola em França, João Bernardo Miranda, em declarações à imprensa, muitas empresas francesas estão interessadas em áreas como energia eléctrica, água, construção civil e infraestruturas, tendo referido haver “bons sinais” de que esta cooperação se eleve a níveis mais alto. Constam da delegação angolana, o ministro da Defesa, Salviano de Jesus, a ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, o ministro da Agricultura e Floresta, Marcos Nhunga, o ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, o ministro dos Recursos Minerais e Petróleo, Diamantino Pedro Azevedo, a ministra do Ensino Superior, Maria Sambo e o governador do BNA, José de Lima Massano Júnior.

Últimas Notícias