loader

Defendida inclusão nos currículos escolares conteúdos sobre consumo de álcool

A inclusão nos currículos escolares de conteúdos sobre as consequências do consumo exagerado de álcool e de outras drogas, a partir do ensino primário, foi defendida ontem, em Luanda, pelo presidente da Associação Cultural de Jovens Cristo no Coração, Arnaldo Neves Kassumba.

Segundo o responsável, se fosse implementado no sistema de ensino mensagens sobre os perigos do álcool e de outras drogas e dotar as crianças de conhecimentos sobre as suas consequências, dos seus direitos e deveres, se defenderiam melhor dos problemas relacionados com a HIV, violência doméstica, bem como do abuso do álcool. Acrescentou que o consumo desregrado do álcool é considerado um dos responsáveis pelos vários problemas sociais como a desintegração familiar, violência no lar, violações e a baixa produtividade nos locais de trabalho, devendo ser orientado desde cedo para se evitar desastres.

Por outro lado, Arnaldo Kassumba disse ser imperiosa a necessidade de se prestar às drogas a mesma atenção que é dispensada ao combate ao HIV/Sida, por alegar que as instituições governamentais prestam mais atenção às questões do VIH/Sida em detrimento do alcoolismo. Afirmou que onde há consumo exagerado de álcool, liamba e outras drogas há concentração de jovens e, portanto, o perigo de se envolverem em práticas associadas à prostituição, ao sexo desprotegido, violações, entre outras acções é elevevado.

“Nós pensávamos que a maior parte das pessoas que consumia álcool por excesso era desocupada. Hoje, a realidade indica que as pessoas com uma vida normal e com algum prestígio na sociedade, com um emprego, salário razoável e outros até mesmo com instrução superior são os que mais consomem álcool e outras drogas”, afirmou. Arnaldo Neves Kassumba fez estas declarações no final da conferência que a instituição organizou de 24 a 27 de Maio onde alguns jovens toxico-dependentes fizeram a entrega de duas armas de marca AKM e pistola, bem como liamba, wisky e cigarro normal à Polícia Nacional afecto à Esquadra do Distrito Urbano de Maianga, em Luanda. O centro da Associação Cultural de Jovens Cristo no Coração existe desde Fevereiro de 2002 e controla actualmente 40 toxi-dependentes que são acompanhados para sua reinserção na sociedade. O encontro decorreu na sede da instituição, ao Rocha Pinto, sob o tema “Métodos de Combate às Drogas” com a participação de membros do Governo, do Conselho Nacional da Jundetude, religiosos, estudantes, médicos, docentes e pessoas interessadas.

Últimas Notícias