loader

Turismo pretende atrair mais receitas para o país

A ministra do Turismo, Ângela Bragança, avançou que o seu pelouro vai trabalhar numa forte aposta de fomento ao turismo nacional, por via da organização de roteiros turísticos do país, visando atrair mais investimentos e arrecadar receitas através da indústria do turismo

POR: Brenda Sambo

Com o propósito de cativar mais investimento estrangeiro e atrair receitas cada vez mais crescentes para o país, a ministra do Turismo, Ângela Bragança manteve, esta Segunda-feira, em Luanda, um encontro com os embaixadores angolanos em diferentes países destinado a delinear estratégias tendentes a potenciar a boa imagem do país no exterior e alavancar o turismo. Segundo a ministra, durante uma entrevista no final do 8º encontro com os embaixadores de Angola em diversos países, “neste momento os roteiros turísticos encontram-se já identificados em todo o país”, adiantou, ressaltando que essa aposta vai concorrer para a geração de emprego e de renda para as famílias angolanas.

Ângela Bragança afirmou que para que os roteiros sejam frequentados é necessário melhorar ainda alguns aspectos, tais como os acessos às localidades, uma disponibilidade de serviços de comunicações assim como a fiscalização dos locais turísticos, salvaguardando assim toda estrutura física, não ignorando a formação de quadros no sector, para que Angola se torne um destino mundial no ramo do turístico. “O turismo desempenhará um papel fundamental no desenvolvimento da economia, por haver potencial suficiente para alavancar a indústria do turismo e atrair receitas, um desiderato a ser atingido com a participação do empresariado estrangeiro”, realçou. Avançou que o departamento ministerial que dirige trabalha com os outros ministérios para garantir o desenvolvimento do turismo, concretamente com o Ministério da Construção, cuja responsabilidade é assegurar a reabilitação das vias secundárias e terciárias. Ângela Bragança revelou que o Ministério vai continuar a trabalhar para promover o turismo nacional e cativar cada vez mais turistas ao país.

Embaixadores na camapnha

Presente no encontro, o embaixador de Angola nos Estados Unidos da América, Agostinho Tavares, considerou que a promoção da imagem do país no exterior passar pela exibição das suas potencialidades, daí que “é preciso mostrar aos estrangeiros outros cantos do país, além de Luanda”. O diplomata afirma que Angola tem tudo para diversificar a economia do país através do turismo, tendo em conta o interesse dos investidores nacionais e estrangeiros e a nova dinâmica existente no sector. Já o embaixador de Angola nos Emiratos Árabes Unidos, José Andrade de Lemos, afirmou que as relações entre Angola e os Emirados Árabes estão a ser bem promovidas, através da “democratização” dos vistos, e outros mecanismos adoptados pelo ministério, que vão facilitar a realização de um turismo em larga escala.

Últimas Notícias