Militares regressam com 30 pontos na bagagem

O 1º de assumiu ontem, isoladamente, a liderança do Girabola Zap ao bater o Cuando-Cubango FC por 0-1, em partida de atraso referente à 15ª ronda do Girabola Zap, no Estádio Municipal, em Menongue

POR: Sebastião Félix

O 1º de Agosto, ao vencer ontem o Cuando-Cubango FC por 0-1, regressa a Luanda com 30 pontos na bagagem. Na partida em atraso referente à 15ª ronda do Girabola Zap, o bi-campeão isolou-se na liderança da maior festa do desporto-rei em Angola. No Estádio Municipal, na cidade do Menongue, o único golo da partida foi marcado pelo avançado Jacques.

O atleta voltou a dar vida ao ataque militar fora de portas e, consequentemente, devolveu a alegria aos adeptos. Nas últimas jornadas do Campeonato Nacional, Jack tem sido o abono de família da formação militar. Na semana passada, no embate frente ao Sagrada Esperança da Lunda-Norte, também apontou o único golo.

Os militares, com um futebol mais balançado para o ataque, conseguiram remeter os donos de casa ao seu reduto defensivo. Mas, como sempre, o ataque não traduzia as jogadas em golo, porque os atacantes não tinham pontaria. O adversário não reagiu muito, aliás as linhas de passe estavam fechadas e as soluções ofensivas eram quase que invisíveis. Com este resultado, o bi-campeão nacional escala a cidade de Cabinda, onde medirá forças com o Sporting local no Domingo, moralizado.

Os militares, se vencerem o adversário da província mais a norte do país, no Estádio do Tafe, cimentam a liderança do Girabola Zap. Deste modo, regressam no dia 8 de Junho com as baterias carregadas para atacar a segunda volta rumo à revalidação. O Interclube e o Petro de Luanda foram desalojados da primeira posição, uma vez que no ano passado os dois rivais de longa data discutiram a luta pelo título palmo a palmo.