loader

Aldina da Lomba Katembo fala sobre eleições autárquicas no município de Talatona

A coordenadora do grupo de acompanhamento da Bancada Parlamentar do MPLa para o município de Talatona, aldina da Lomba Katembo, exortou Sábado, em Luanda, os militantes do seu partido a trabalharem afincadamente para ganhar as eleições autárquicas em 2020

Texto de: Ireneu Mujoco

Aldina da Lomba fez esta exortação num um acto de massas realizado no CAP 313 do distrito urbano da Cidade Universitário, no culminar de uma visita de ajuda e controlo que serviu para constatar o funcionamento deste município criado há quase dois anos.

Depois de destacar a importância deste processo autárquico, o primeiro na história de Angola democrática, a responsável disse ser importante começar a trabalhar já, na medida em que o Pacote Legislativo Eleitoral vai à discussão no Parlamento.

O trabalho, segundo a deputada, basear-se-á em levar a mensa-gem a todas as comunidades para informá-las sobre este tão importante sistema de governação mais próximo das populações, na medida em que os seus representantes serão eleitos, ao contrário do actual sistema que é de nomeação.

“Nas autarquias terão a soberana oportunidade de escolher os membros que devem dirigir o município, e poderão mandá-los embora quando não estiverem a altura de resolver os problemas”, atirou. Da Lomba disse que mais do que trabalhar, o processo em causa será mais um grande desafio para o MPLA, o partido que governa o país há 43 anos.

“ Por isso, devemos arregaçar as mangas para esta nova empreitada”, disse. Gradualismo territorial A deputada afirmou que este modelo é o que o seu partido defende para a implementação das autarquias, tendo-o considerado como sendo o ideal nesta primeira fase. Afirmou que numa primeira etapa serão selecionados pela Assembleia Nacional 50 municípios, sendo que a acção estender-se-á a todos os municípios, na medida em que vão se realizando eleições periódicas, com base no que estabelece a Constituição.

Aldina Dalomba criticou o gradualismo funcional defendido por alguns Partidos Políticos e Coligações de Partidos, salientando haver má fé de alguns por não reconhecerem a realidade sócio-económico e infra-estrutural do país.

Mobilização Por seu turno, o 1º secretário do MPLA do distrito da Cidade Universitária, Antunes Huambo, em declarações à imprensa, assegurou que na sua área de jurisdição os militantes estão prontos para entrar em acção para conseguir uma retumbante vitória em 2020.

Segundo a deputada, à semelhança das eleições gerais já realizadas no país, e ganhas pelo seu partido, garante que desta vez não será diferente, revelando que no seu distrito o trabalho já começou. Acrescentou que o seu partido nunca parou de trabalhar, sendo esta razão que tem estado nas vitórias consecutivas em eleições já realizadas.

Últimas Notícias