loader

Criança de três anos esfaqueada para gerar riqueza

Uma criança de três anos de idade foi esfaqueada até à morte pelo seu tio de 17 anos, irmão da sua mãe, alegadamente a mando de um kimbandeiro para se tornar rico.

Este crime hediondo ocorreu por voltas das 18 horas, do 13 do mês passado, no bairro da Vidrul, no município de Cacuaco, mas só foi descoberto esta semana. A pequena, que em vida se chamou Maria Filipe Francisco Camota, foi esquartejada depois de morta. O irmão da sua mãe, que deveria protegê-la, conservou o sangue em duas garrafas de plásticos e escondeu o corpo em sacos de plástico, num dos compartimentos da residência que não era utilizado.

O intendente Mateus Rodrigues disse que os dados preliminares apontam que o móbil do crime foi a prática de crenças místicas. Já no distrito do Rangel, sete cidadãos, com idades compreendidas entre 14 e 19 anos, integrantes dos grupos ‘Os Mini Assumi’ e os ‘Mini Pilson’ foram detidos preventivamente por, alegadamente, estarem envolvidos na morte de Gervásio Barros Catapalo, de 18 anos, ocorrido no dia 2 de Junho. Segundo a fonte de OPAÍS na Polícia, o jovem acima mencionado terá perdido a vida durante uma rixa entre as duas gangs que utilizavam armas brancas como catana, serrote e facas de cozinhas.

Nas estatísticas da Polícia consta ainda o registo de um crime de homicídio frustrado, com o roubo qualificado de valores monetários, ocorrido no município de Viana, no pretérito dia 31 de Maio. Por volta das 2h40, quatro cidadãos de 24 aos 25 anos de idade, empunhando uma arma AKM, assaltaram a residência de dois cidadãos da Guiné-Conacry, localizada no bairro do Mirú. Sob ameaça de morte, as vítimas entregaram aos seus algozes mais de 100 mil Kwanzas e uma motorizada de marca Lingkeng, de cor preta, entre outros pertences.

Últimas Notícias