loader

Tribunais provinciais reforçados com 37 novos juízes

Os 37 novos juízes foram distribuídos em 17 províncias do país, augurando por condições que os permitam trabalhar com normalidade e dignidade

POR: Neusa Filipe

O Conselho Superior da Magistratura Judicial concedeu posse, ontem em Luanda, a 37 novos juízes de Direito do Instituto Nacional de Estudos Judiciários de Angola (INEJ), para exercerem as suas funções nos tribunais provinciais. O acto de tomada de posse foi orientado pelo juiz Conselheiro presidente do Tribunal Supremo, Rui Ferreira, que encorajou os recém-empossados “a trabalharem com determinação para vencerem os desafios que encontrarão pela frente”.

O magistrado reconheceu as dificuldades que os empossados vão enfrentar ao longo do exercício das suas funções, afirmando que não vão encontrar, ainda, nos locais em que foram colocados, todos os meios e condições de trabalho necessários, porém formulou votos de que os mesmos saberão vencê-las e levarão a bom porto a missão que lhes foi confiada. “Exercer a judicatura nas condições em que a vão exercer é uma missão difícil, mas é uma missão possível. Eu faço votos de que o consigam”, desejou Rui Ferreira.

O juiz recém-empossado Dias Macussande fez um apelo ao Conselho Superior da Magistratura Judicial no sentido de criar as condições mínimas que os permitam trabalhar com normalidade nas suas localidades de destino. “Muitos de nós somos filhos de camponeses, e ao candidatarmo- nos à Magistratura tínhamos noção das dificuldades, assinamos um termo de compromisso de que iríamos para onde a Magistratura Judicial encaminhasse cada um de nós. Chegou a hora do chamamento e estamos prontos”, garantiu.

Últimas Notícias