loader

Começa hoje a festa do Desporto-Rei, na Rússia

A Rússia e a Arábia Saudita abrem hoje o Mundial no grupo A, às 16:00.

O Mundial de futebol, modalidade conhecida como desporto-rei, começa hoje na Rússia. Durante 30 dias, 32 selecções vão desfilar em 11 cidades. Os donos de casa abrem a prova com a Arábia Saudita, no Estádio Luzhniki, na cidade de Moscovo. No embate da abertura, que contará com figuras dos quatro cantos do planeta, os russos só pensam no triunfo. Admitem que não será fácil, mas é ponto assente que o favoritismo caseiro os levará a acreditar que podem ficar com os três pontos.

O treinador da Rússia, Stanislav Tchertchesov, conta no seu plantel com atletas que militam nos melhores campeonatos do Velho Continente. Por sua vez, a Arábia Saudita quer surpreender os donos de casa, uma vez que a última fase da preparação foi em São Petersburgo. O guarda-redes saudita, Abdullah Al-Mayouf, fez saber que a sua equipa é forte, sendo que estudaram bem as movimentações tácticas do adversário.

Os sauditas estão atentos e sabem como os russos vão circular a bola no rectângulo de jogo, logo saberão como contrapor, segundo o guarda-redes. O técnico saudita, Juan Antonio Pizzi, também se mostrou confiante, assegurando que a sua equipa está física e tecnicamente bem.

África em busca do inédito Mundial 2018 

Depois dos Camarões em 1990, Senegal em 2002 e o Ghana em 2010 terem chegado aos quartos-de-final da maior prova mundial de futebol, as selecções da Tunísia, Egipto, Nigéria, Argélia e Senegal têm a responsabilidade de marcar presença, pela primeira vez, nas meias-finais do Campeonato do Mundo.

Deste modo, o combinado egípcio liderado em campo por Mo Salah é a esperança do continente “Berço da Humanidade”. Para que esta pretensão se concretize, a selecção do Egipto terá que terminar na primeira ou segunda posição do grupo A de modo a passar para os quartos. Já nos quartos-de-final Salah e companheiros terão que puxar dos galões para vencer e conseguir o inédito para a África.

Últimas Notícias