loader

Peça teatral “Corno por opção” estreiada em Agosto na LAASP

A peça, com duração de 45 minutos, narrada por três personagens, relata a história de um casal que sai da província do Huambo à procura de melhores condições de vida em Luanda

Texto de: Valquiria Adriano

O grupo teatral Colectivo de Artes 1º de Maio vai estreiar, em Agosto (31), a peça teatral intitulada “Corno por opção”, às 20 horas na Liga Africana, em Luanda. A peça com duração de 45 minutos, com participação de três personagens (Carvalho da Silva, Naureth da Silva e Job André), conta a vida de um casal que sai do interior do paísprovíncia do Huambo, em busca de melhores condições de vida em Luanda.

Instalado na capital, Carvalho da Silva, personagem principal da história, consegue um emprego que permitiulhe estabilizar a sua vida e a da sua família. Algum tempo depois, e gozando de vida estável, Naureth reencontra o seu exnamorado, com qual mantém relacionamento amoroso.

Posteriormente, Naureth apresenta-o ao esposo, sob fachada de primo, este que foi bem acolhido pelo casal. Durante a estadia do jovem na casa do casal, Naureth mantinha as relações amorosas com o ex-namorado, traindo assim o esposo em sua própria casa.

O director artístico do elenco, Ângelo Cristóvão, referiu que a peça pretende levar à reflexão dos citadinos sobre a imperiosidade da honestidade e transparência nas relações amorosas. “Devemos ter sempre cuidado e transparência num relacionamento, valorizar o presente e afastar o passado”, aconselhou.

O grupo

Fundado em 2009, o Colectivo 1º de Maio conta no seu reportório com as peças “Sexo não é força”, “Forças estranhas”, “O sofrimento”, “A mesma vida”, “Ngonguenha em Luanda” e “O nascimento de Jesus Cristo”, estas duas últimas já produzidas em DVD.

Últimas Notícias