loader

Duelo ibérico aquece Estádio Ficht em Sochi

Cristiano Ronaldo e Andres Iniesta voltam a cruzar, desta vez, fora de Espanha.

Portugal e Espanha, dois países com laços históricos profundos, abrem hoje o grupo B do Mundial que decorre na Rússia, no Estádio Ficht, em Sochi, às 19:00. A selecção portuguesa está no palco da competição com estatuto de campeão europeu, por isso entra nas contas como candidato à conquista do Mundial. Cristiano Ronaldo, com cinco bolas de ouro na sua folha de serviço, é um valor agregado para os adeptos da pátria lusa.

Por sua vez, o técnico Fernando Santos acredita no conjunto e reconhece que a Espanha, apesar da saída de Julen Lopetegui, é forte e também é candidata. Como é evidente, reconhece as estrelas do futebol espanhol, sem esquecer o médio Andres Iniesta.

Este tem uma folha de serviço que intimida qualquer adversário. Iniesta foi campeão do mundo em 2010, no entanto quer começar com vitória, uma vez que contará com o apoio de Isco, Diego Costa, Daniel Caevajal e outros.

O técnico Fernando Hierro, que substituiu Julen Lopetegui no comando técnico, mostrou-se confiante e assegura que o plantel está firme.

Na sua apresentação, adiantou que vão defrontar o vizinho sem receios, porque estão em causa os três pontos na primeira fase. A Espanha, em 2014, no Brasil, teve uma prestação desastrosa, sendo que foi humilhada pela Holanda, perdendo por 5-1.

Rússia começa com vitória no grupo A MUNDIAL 2018

Os donos de casa começaram ontem a festa do desporto- rei, em Moscovo, com vitória. No grupo A, os russos golearam a Arábia Saudita por cinco bolas sem resposta. Pelo factor casa e a presença do Presidente Vladimir Putin, os anfitriões souberam dignificar os adeptos nas bancadas, no Estádio Luzhniki, com capacidade para 81 mil espectadores. Gazinskiy fez o primeiro golo aos 12 minutos. Antes do intervalo, Cheryshev assinou aos 43. No reatamento da partida, Dzyuba apontou aos 71 e aos 90 e nos minutos de compensação Golovin fechou, como se diz na gíria do desporto-rei, a loja. Com este triunfo, os russos confirmam o favoritismo no grupo A, mas terá pela frente o Egipto e o Uruguai.

 

Últimas Notícias