loader

Angola necessita de mais de 10 mil novos docentes universitários

Dez mil e 500 novos professores universitários são necessários para as 24 instituições públicas do ensino superior existentes em Angola, disse Sexta-feira, em Ondjiva, província do Cunene, a ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Sambo.

A governante, que falava à imprensa no término da visita de dois dias à província do Cunene, disse que o quadro é crítico, apesar da existência de docentes universitários expatriados, na sua maioria cubanos, face às necessidades.

Sem avançar o actual número de professores, segundo a ANGOP, Maria do Rosário Sambo informou que já se está a trabalhar com os ministérios das Finanças e o da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social para a divulgação e realização de concursos públicos para inserção, no sistema do ensino superior, de novos docentes. A governante informou também que se está a envidar esforços para a aquisição de laboratórios para as unidades do ensino superior em todo o país.

Durante a sua estadia no Cunene, a ministra Maria do Rosário Sambo visitou as instalações da Escola Superior Pedagógica, que lecciona unicamente o curso de Biologia, e o Instituto Superior Politécnico, com os cursos de Análises Clínicas e Laboratório, Enfermagem, Informática para Gestão, Engenharia Hidráulica e Agronomia.

Últimas Notícias