loader

MUNDIAL 2018: Alemanha começa defesa do título

No Estádio Luzhniki, a selecção da Alemanha começa hoje a defesa do título frente à congenere do México para a jornada inaugural do grupo F, a partir das 16 horas.

Os campeões mundiais sabem que é importante vencer o primeiro jogo da série, de modo a passar para outra fase. Assim, Kross e colegas terão que entrar em campo com os pés bem assentes no chão para não serem surpreendidos pelos mexicanos.

Na conferência de antevisão do jogo, o selecionador da Alemanha, Joachim Low foi questionado sobre a possibilidade de voltar a golear o México. “Não acredito que volte a voltar a ganhar por 7-1 como contra o Brasil ou contra qualquer outro adversário.

Aquele jogo foi fantástico, mas é improvável que se repita”, admitiu. O treinador da selecção que defende o título conquistado em 2014, no Brasil, explicou por que razão entende que não é possível que se repita um resultado tão desnivelado.

“Todas as equipas evoluem e são mais fortes quatro anos depois. O Brasil também está mais forte do que em 2014. Todos estão. A França também avançou muito, os espanhóis também.

Estão mais seguros, jogam melhor juntos, fazem melhores combinações”, defendeu. Os jogadores do México Herrera, Layún, Jiménez e Corona, acreditam que é possível anular as principais unidades do opositor.

Costa Rica e Sérvia abrem grupo e
Na abertura do grupo E, a Costa Rica e a Sérvia medem forças hoje no Arena Cosmo, às 13:00. A equipa costa-riquenha quer começar com vitória, entretanto terá que suar a camisola para conseguir a tal pretensão. No mesmo sentido, os sérvios também almejam vencer na estreia, porém são obrigados a puxar dos galões para somarem os três ponto.

Fernando Santos prepara 2ª ronda

A selecção portuguesa voltou ontem aos treinos após o empate 3-3 com a Espanha, na estreia no Mundial 2018, em sessão que não contou com os 11 titulares de Sextafeira em Sochi, Rússia. Fernando Santos poupou os seus pupilos sujeitos a maior esforço, que somente fizeram trabalho de ginásio, em recuperação que inclui ainda banhos e massagens.

França vence mas não convence

França, vice-campeã europeia em título, estreou-se ontem no Mundial 2018 com uma vitória, ao bater a Austrália por 2-1, em encontro do grupo C, disputado em Kazan, na Rússia. Um golo a meias entre Paul Pogba e Aziz Behich, que a FIFA atribuiu ao médio gaulês, decidiu o encontro, aos 81 minutos, depois de dois penáltis, concretizados pelo gaulês Antoine griezmann, aos 58, e o australiano Mile Jedinak, aos 62.

O primeiro tento fica para a história dos Mundiais como o primeiro nascido depois de o árbitro reverter uma decisão, após ser alertado pelo videoárbitro (VAR). Depois de ver as imagens do lance, optou por marcar penálti.

Últimas Notícias