loader

Titica disponibiliza ao público álbum “Pra quê julgar”

A obra composta por 13 faixas musicais conta com a participação dos músicos angolanos, Laton, Yola Semedo, Ary, O Trio e do cantor congolês Ebra Th or

Texto de: Antónia Gonçalo

A cantora Titica realizou ontem, 15, no Morro Bento, em Luanda, a venda e sessão de autógrafos da sua mais recente obra discográfi ca “Pra quê julgar”, promovida pelo projecto musical “Wammo nossa música”. A obra composta por 13 faixas musicais conta com temas como “Come e baza”, “Reza madame”, “Nasci para te amar”, “Sobre raiva” e “Pra quê julgar”, cantadas em vários estilos musicais entre Kuduro, Semba e Kizomba.

O referido trabalho discográfi co conta com a participação dos músicos angolanos, Laton, Yola Semedo, Ary, O Trio e do cantor congolês Ebra Th or. Segundo a artista, o álbum é de grande importância para si, pelo facto de nele mostrar a sua maturidade no campo musical, o amor pela música que apela para uma maior união entre os seres humanos. “Este trabalho tem uma grande importância para mim.

É um projecto que começou há três anos e hoje é um facto. É importante para mim transmitir alegria às pessoas através da música. Nele trago vários estilos musicais, de modo a agradar todos os fãs ”, considerou.

A cantora afirmou que era satisfatória a realização da venda e sessão de autógrafos do álbum, devido aos custos elevados para a produção, tendo em conta as dificuldades económicas que o país atravessa.

Quanto ao título da obra, que a cantora considerou sugestivo, referiu que tem como objectivo transmitir aos cidadãos a igualdade, independentemente da raça, género, religião ou nível social. “Somos todos seres humanos e temos de ser mais unidos, porque juntos somos mais fortes.

Ao invés de criticarmos determinados assuntos, devemos trabalhar em conjunto para o engrandecimento do país”, apontou. A cantora avançou que depois do lançamento da obra discográfica vai realizar tournées a nível dos bairros de Luanda, começando por pelos Cazenga (Hojy-ya-Henda), Sambizanga e Rangel.

Fãs aplaudem a artista

Durante a venda e sessão de autógrafos, os fãs que aguardaram expectantes para o lançamento da obra brindaram a artista com a sua presença. É o caso do Rogério e do Euclides, que apesar de não adquirirem a obra por falta de verbas, brindaram os presentes com várias coreografi as, acompanhadas pelas músicas de Titica.

O jovem Rogério referiu que tem acompanhado o trabalho da cantora, tendo aproveitado a oportunidade de brindar a artista com a sua presença. Rogério disse ainda que admirarem a artista, tanto como a cantora e mulher. “Saímos às 5 horas de casa, andamos a pé do Golf 2 até aqui, na esperança de ver mais uma vez a Titica. Sem sombras de dúvida ela é a nossa diva”, exaltou.

A cidadã Catarina Pascoal realç o u que tem ouvido as músicas e acompanhado a carreira de Titica, motivo pelo qual fez-se presente para adquirir o aludido disco. Catarina Pascoal avançou que conhece a cantora desde pequena, tem-na como amiga, motivo pelo qual não podia deixar de estar presente. Referiu que nas suas músicas Titica “fala de tudo um pouco, do seu mundo e opções”.

A cantora angolana Bela Chicola também marcou presença, tendo considerado na ocasião, a obra como um contributo valioso para a música nacional. “Este é um momento cultural e como artista não podia deixar de estar presente. É mais um trabalho discográfi co para aumentar o nosso acervo musical”, enfatizou.

Últimas Notícias