loader

Carta do leitor: Bairro Malanjino dominado pelos marginais

Director do jornal O PAÍS obrigado pela oportunidade que me concede neste espaço. Sou cidadão angolano nascido na província de Benguela, vivo no bairro Malanjino, concretamente junto ao Mercado dos Correios, em Luanda. Aproveito este espaço para demonstrar a minha preocupação quanto ao índice de assaltos que se verifica na minha zona.

POR: Luís Agostinho
Luanda

Os marginais, com idade com idades compreendidas entre os 15 e os 19 anos, realizam as suas acções a qualquer hora do dia, os bandidos têm como preferência as cantinas dos cidadãos estrangeiros. Aliás, os moradores nacionais também sofrem, porque não conseguem dormir devido aos constantes assaltos às residências, onde os malandros levam os bens adquiridos com muito sacrifício. Entretanto, muitos jovens do bairro deixaram de frequentar a universidade, porque os marginais recebem os bens aos rapazes e violam as meninas. Na Sexta-feira passada, os bandidos realizaram vários assaltos e violaram uma jovem que se encontra em gestação com aproximadamente seis meses. Por este facto, a população regressou ao posto da Polícia Nacional junto ao mercado dos Correios, onde várias vezes nós, moradores, já demos queixa, ou seja, alertamos o comandante da esquadra sobre o elevado índice de criminalidade no bairro. Em nome dos moradores do bairro, peço ao comandante da esquadra para que ordene um forte patrulhamento e prenda os bandidos. É urgente comandante…

Últimas Notícias