loader

Editorial: A economia não pode parar

A economia subentende mobilidade, o que no nosso país ainda não se faz com a facilidade necessária. Ao decretar a importação de veículos usados, devidamente inspeccionados, o Presidente da República está consciente das dificuldades que se apresentam aos nossos agentes económicos para a aquisição de viaturas novas, mais caras, ao mesmo tempo que sabe que a economia angolana não se pode sujeitar a parar por falta de meios rolantes. Quando se fala do escoamento dos produtos do campo para a cidade, não se pode olhar apenas para o estado das estradas, o meio de transporte faz falta também, e deve ser barato, daí que a medida presidencial poderá, de facto, com os recursos disponíveis, fomentar o crescimento económico. E podermos voltar a ter nas nossas estradas a imagem de uma economia em movimento.

Últimas Notícias